Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Mãe de Thiago Braz fala sobre abandono: ‘não tinha juízo’

Atleta, vencedor da medalha de ouro no salto com vara, foi criado pelos avós desde os 2 anos de idade

Por Da redação 17 ago 2016, 13h24

Adriana da Silva, mãe biológica de Thiago Braz, que conquistou a medalha de ouro no salto com vara, contou ao Jornal da Record, exibido na noite desta terça-feira, o motivo de ter abandonado o filho, na época com 2 anos de idade. “Eu não abandonei porque quis, foi um momento em que eu era adolescente, não tinha juízo. Eu não tinha com quem deixá-lo”, diz Adriana, emocionada.

LEIA TAMBÉM:
Thiago Braz se espanta com seu feito: ‘Que salto bonito’
Um salto para a história: Thiago Braz, o ouro do Brasil
Fernanda Gentil comete gafe ao querer ver medalha de Thiago Braz

O recordista olímpico de 22 anos, de Marília, interior de São Paulo, foi criado pelos avós. A família conta que o menino chegou a esperar diversas vezes pela mãe, com uma mochila nas costas, até perceber que ela não retornaria. Foi seu tio, Fabiano Braz, que o incentivou a praticar o esporte.

“A única coisa que eu queria dizer pra ele é que eu estou muito feliz”, diz Adriana. “Eu queria dar um abraço nele, que eu amo meu filho. Eu continuo aqui, torcendo cada dia mais por ele.”

Adriana da Silva, mãe biológica de Thiago Braz, em entrevista ao 'Jornal da Record'
Adriana da Silva, mãe biológica de Thiago Braz, em entrevista ao ‘Jornal da Record’ Reprodução/ Rede Record
Continua após a publicidade
Publicidade