Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lyon atropela Dínamo Zagreb e consegue classificação histórica na Champions

Redação Central, 7 dez (EFE).- O Lyon conseguiu uma classificação histórica para as oitavas de final da Liga dos Campeões ao vencer o Dínamo Zagreb, fora de casa, por 7 a 1, resultado que colocou os franceses na segunda posição do grupo D.

Na outra partida da chave, o Real Madrid garantiu os 100% de aproveitamento ao vencer o Ajax por 3 a 0, no Amsterdam ArenA, e mandou os holandeses para a Liga Europa.

O Lyon, que precisava ganhar do Dínamo e tirar uma diferença de sete gols do Ajax, conseguiu o que parecia impossível. No primeiro tempo saíram somente dois gols, um para cada time. O Dínamo abriu o placar com Kovacic, aos 40, após bom chute de direita. Cinco minutos depois, Gomis recebeu passe de Cissokho e empatou a partida.

Foi na etapa complementar que o Lyon aplicou uma goleada marcando seis gols. Aos 2 minutos do segundo tempo Gonolons deu a vantagem ao time francês com um belo chute de direita.

Gomis ampliou o marcador um minuto depois e marcou o seu terceiro do jogo aos 7, novamente aproveitando passe de Cissokho.

Em busca de uma goleada ainda maior e assim a vaga às oitavas de final, o Lyon conseguiu um feito inédito e histórico ao marcar outros dois, com Lisandro aos 19, e novamente com Gomis, aos 25.

E para selar de vez a goleada e garantir a vaga na próxima fase, Briand teve tempo para marcar o sétimo gol, aos 30 minutos, confirmando a classificação do time francês.

O Lyon, que começou a rodada com um saldo de quatro gols negativos, empatou com o Ajax no número de pontos, 8 para cada, e ainda conseguiu terminar com um saldo de 2 pontos, um a mais que os holandeses.

Mesmo jogando fora de casa e com um time misto, o Real balançou as redes adversárias aos 14 minutos. Após belíssimo passe do meia Kaká, o atacante Callejón dominou e chutou no canto esquerdo do goleiro marcando o primeiro da equipe visitante.

Com o apoio da torcida, o Ajax pressionou e perdeu boas chances com Ebicilio e Van der Wiel. Além disso, o lateral foi protagonista de um dos dois gols anulados do time holandês.

Aos 32, o árbitro da partida Mark Clattenburg marcou impedimento e anulou um gol polêmico para o Ajax. Quatro minutos depois, novamente a arbitragem foi polêmica ao anular um gol de Sulejmani.

O Real, mais eficiente, ampliou a vantagem aos 42, com Higuaín, após bom passe de Benzema.

No segundo tempo a equipe merengue ampliou a vantagem nos acréscimos. José Callejón aproveitou passe de Xabi Alonso e fez o terceiro do Real.

Com o resultado, o time merengue terminou a dez pontos da equipe holandesa, que com a derrota e a vitória do Lyon por 7 a 1 sobre o Dínamo de Zagreb, terminou em terceiro e ficou com a vaga na Liga Europa como prêmio de consolação. EFE