Clique e assine com 88% de desconto

Luxemburgo garante foco gremista no Brasileiro e na Sul-americana

Por Da Redação - 26 jul 2012, 01h03

O Grêmio dará à Copa Sul-americana igual atenção à que já recebe o Campeonato Brasileiro. Ao menos é o que garante o técnico Vanderlei Luxemburgo. Em sua entrevista coletiva após a vitória sobre o Fluminense, que manteve o time no G-4 do Brasileirão, Luxa projetou a participação tricolor na competição continental, que começa na próxima terça, contra o Coritiba, no Couto Pereira.

‘As prioridades são as duas competições. Até avisei para o pessoal dar uma segurada até sábado, já que terça começa a Copa Sul-americana. As duas nos dão condição de chegar à Libertadores, que é o nosso objetivo. O que podemos ver no futuro é, na hora em que as competições estiverem atropelando, onde podemos poupar um ou outro jogador mais desgastado, mas nunca priorizaremos um dos torneios’, garantiu Luxa.

Antes de iniciar a participação na Sul-americana, o Grêmio tem mais um jogo pelo Brasileirão no fim de semana. Curiosamente, o adversário será o mesmo da estreia no torneio continental: o Coritiba, também na capital paranaense. A equipe terá três desfalques para esta partida: Fernando, Souza e Kleber, todos suspensos.

Luxemburgo ressaltou a importância do resultado desta quarta. Com a vitória por 1 a 0, o Grêmio derrubou o último invicto do Brasileirão. O Fluminense mereceu elogios do técnico gremista: ‘foi um jogo muito difícil, duro. O Flu é uma grande equipe, tem um banco bom. Tem tudo para chegar’, avaliou o treinador.

Publicidade

A perseguição aos líderes continua. Com 24 pontos, o Grêmio está a um ponto do Fluminense, quatro do Atlético-MG (que ainda joga nesta quinta) e cinco do Vasco. A distância no momento não assusta Luxemburgo. Segundo o comandante gremista, o importante é chegar ao longo prazo: ‘temos que estar ali no bolo. A tendência dos times lá da frente é de dar uma queda, pois estão com percentual muito alto. Temos que seguir aumentando nosso aproveitamento e esperar o deles baixar’, concluiu.

Publicidade