Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Luxemburgo explica confusão: ‘Repreendi como faria com um filho’

Por Da Redação 5 set 2011, 18h38

O técnico Vanderlei Luxemburgo colocou um ponto final na polêmica criada após o incidente do treinamento do último sábado, quando o discurso do treinador foi interrompido por uma brincadeira entre os jogadores.

Na reunião do comandante com os atletas, um deles soltou um ‘pum’ alto e, em seguida, boa parte dos jogadores caiu na gargalhada, fato que irritou Luxemburgo.

Ciente de que a situação não interferiu na derrota diante do Bahia, que representou a sexta partida sem vitória do Rubro-Negro, Luxemburgo explicou a confusão: ‘O Flamengo perdeu ontem porque não jogou absolutamente nada, não tem que arrumar desculpas. O time jogou mal e por isso perdeu. O incidente ocorrido durante minha conversa com os jogadores no treino de sábado não teve nenhuma relação com o resultado do jogo. Foi um episódio desagradável e repreendi os jogadores como faria a um aluno se fosse o professor ou se estivesse com minha família e meu filho tivesse feito isso. Como estava com meus atletas, chamei a atenção e mostrei que era uma falta de educação muito grande’.

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu, onde encara o líder Corinthians, que tem quatro pontos a mais na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Em caso de derrota, o time corre o risco de se afastar ainda mais do G-4.

Luxemburgo garante que o episódio faz parte do passado e que agora os atletas precisam de foco para o Brasileirão: ‘Foi um fato isolado que ficou para trás porque foi resolvido na hora, internamente, tanto que trabalhamos normalmente depois disso sem o menor problema. O Flamengo tem muitos jogadores experientes para que uma simples repreensão tivesse maiores consequências. O time tem é que jogar bola e vencer os jogos’.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)