Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luxemburgo é condenado por fraude em Tocantins

Pena de um ano e meio de prisão foi substituída por prestações de serviços

O técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo, foi condenado pela Justiça do Tocantins a cumprir um ano e meio de reclusão por fraudes em sua desastrada tentativa de virar senador. No entanto, o treinador ganhou o direito de substituir a pena por prestações de serviços à sociedade pelo período determinado na sentença, além do pagamento de cem salários mínimos.

A decisão do juiz eleitoral Gilson Coelho, da 29ª Zona Eleitoral, em Palmas, publicada nesta sexta-feira, também impede a candidatura de Luxemburgo a qualquer cargo público pelos próximos oito anos. O técnico foi condenado por fraudar, em 2009, a documentação que tentava transferir o seu domicílio eleitoral para o estado. Na época, Luxemburgo se filiou ao PT e estudava uma candidatura ao Senado por Tocantins.

A Justiça local afirma que o comandante do Grêmio informou um endereço falso. Segundo consta no documento oficial, o técnico nunca morou no local assinalado no formulário.

(Com agência Gazeta Press)