Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Luxemburgo clama por definições para abafar crise no Flamengo

Por Da Redação 15 jan 2012, 18h09

O técnico Vanderlei Luxemburgo encontra muitos problemas para concentrar o elenco do Flamengo nos objetivos da temporada 2012. A grande polêmica no clube está no atraso nos rendimentos de atletas. O meia Ronaldinho Gaúcho ameaça abortar a viagem desta segunda-feira para a Bolívia, onde o elenco irá se preparar para o confronto contra o Real Potosí, pela pré-Libertadores.

‘Infelizmente estamos discutindo coisas que não pertencem ao momento de Libertadores, deveria estar tudo definido, atrapalha demais, a cabeça do elenco não fica legal, do técnico não fica legal. Complica, mas não é a primeira vez’, disse o treinador, após empate deste domingo no amistoso contra o Corinthians, na cidade de Londrina.

A definição sobre o embarque de Ronaldinho para a Bolívia será conhecida nesta segunda-feira. Luxemburgo cita que os problemas financeiros também causam problemas em outros integrantes do elenco carioca.

‘É uma pendência (do Ronaldinho) que está sendo resolvida com a diretoria, se vai viajar ou não. É algo complicado, mas da mesma forma que o Ronaldo tem um problema, o Devid também tem, os outros atletas também estão enfrentando. O Flamengo é maior do que isso, o momento é de Libertadores, deveríamos estar pensando para caminharmos. O problema não é só com um jogador’, disse.

Junto com os atrasos em salário, o Flamengo também pode enfrentar a perda do meia Thiago Neves para o rival Fluminense. Luxemburgo prefere, contudo, aguardar o anúncio oficial do atleta para se pronunciar sobre o assunto.

‘Vamos ver amanhã (segunda-feira), não vamos falar sobre hipóteses. Ninguém sabe ainda o que vai acontecer’, despistou o comandante do Rubro-Negro.

Continua após a publicidade
Publicidade