Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lutador brasileiro de MMA morre antes de pesagem no Rio

Leandro 'Feijão' Souza tinha 26 anos. Causa da morte ainda não foi divulgada

Por Da Redação 27 set 2013, 08h14

O MMA brasileiro sofreu um duro golpe na quinta-feira. Em meio aos preparativos para a pesagem de uma luta do Shooto 43, evento que aconteceria nesta sexta, no Rio de Janeiro, o lutador Leandro “Feijão” Caetano de Souza, de 26 anos, desmaiou pouco antes de subir na balança. O atleta foi levado em uma ambulância para um hospital no bairro de Botafogo, na Zona Sul da capital fluminense, mas os médicos não conseguiram reanimá-lo – sua morte foi confirmada pouco depois. Até a manhã desta sexta, nem o hospital nem os treinadores de Souza haviam divulgado a causa da morte, Não há informações sobre outros problemas de saúde no histórico do atleta. “Feijão” enfrentaria Gabriel Brasil em um dos combates do evento desta sexta. O Shooto é um dos principais eventos de MMA do país, perdendo apenas para o Jungle Fight. A edição desta sexta foi cancelada.

Leia também:

Leia também: Atletas do UFC perdem até 16 kg para ‘enganar’ a balança

O atleta era membro da Caçadores Team-Nova União, mesma equipe dos astros José Aldo e Renan Barão, os dois brasileiros que detêm títulos do UFC no momento. Após a confirmação da morte de Leandro, o técnico e empresário André Pederneiras, mentor de Aldo e Barão e um dos fundadores do time, usou sua página no Facebook para se pronunciar sobre o caso. “É com grande pesar que noticiamos o falecimento do atleta Leandro Caetano de Souza. Os motivos ainda não são de nosso conhecimento. Gostaríamos de expressar os pêsames a todos os amigos e familiares”, escreveu Pederneiras, que é proprietário da marca Shooto no Brasil. Os atletas de MMA costumam perder muito peso antes de suas lutas, e muitos têm de recorrer a procedimentos agressivos – como muitas horas de sauna – para atingir o limite de suas categorias.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade