Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lusa pede Julio Cesar para liberar Guilherme, mas Timão não aceita

A Portuguesa solicitou o empréstimo do goleiro Julio Cesar para liberar o volante Guilherme ao Corinthians, mas a condição não foi aceita.

Julio está em baixa desde que perdeu para Cássio sua vaga no time titular após falhar duas vezes contra a Ponte Preta, em duelo que eliminou a equipe alvinegra na semifinal do Paulistão, mas já garantiu que não deseja mudar de ares neste momento.

Já Guilherme se diz inseguro após receber ameaças de torcedores e não comparece aos treinos da Lusa há 11 dias. Como o empresário Wagner Ribeiro garante que seu cliente não tem mais clima para jogar no clube que o revelou, o gerente de futebol rubro-verde, Candinho, aceitou ouvir a proposta do diretor adjunto de futebol corintiano, Duílio Monteiro Alves, em reunião nesta segunda-feira.

A ideia do Corinthians é adquirir metade dos 70% dos direitos econômicos que pertencem à Portuguesa, com a qual o atleta de 21 anos, considerado uma grande promessa, tem contrato até 31 de julho de 2014. Além de uma quantia em dinheiro – que a Lusa diz ser baixa -, o Timão pode envolver atletas no negócio.

O zagueiro Renato e o meia Boquita, que estão emprestados à Portuguesa até o fim de maio, podem ser repassados em definitivo. Outros jogadores que estão emprestados, como o meia Lulinha, hoje no Bahia, também têm chances de serem envolvidos na transação, mas o Corinthians divulgou até um comunicado oficial na tarde desta terça para garantir que Julio Cesar fica.

Sem reservas à altura para os titulares Ralf e Paulinho, o Timão observa Guilherme há cerca de um ano. Antes irredutível, a diretoria da Lusa mudou sua postura após as ameaças sofridas pelo jogador e já trabalha com a possibilidade de liberá-lo, mas tenta lucrar o máximo possível.