Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Luis Álvaro ironiza reforço chinês do Corinthians: ‘Prefiro ir ao Japão’

Por Da Redação - 3 jan 2012, 18h35

O presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, abordou vários temas polêmicos em sua entrevista coletiva, realizada nesta terça-feira, na Vila Belmiro. Mas, além da situação de Paulo Henrique Ganso no clube e explicações sobre o fim dos departamentos de futsal e futebol feminino do Peixe, o dirigente encontrou tempo para ironizar a mais recente contratação do rival Corinthians.

O atacante chinês Chen Zhizhao foi anunciado como novo reforço do Timão nesta virada de ano. Bem humorado, o mandatário santista citou a recente participação do clube no Mundial de Clubes da Fifa, no Japão, para alfinetar os corintianos.

‘Ao invés de trazer jogador da China, o Santos prefere ir ao Japão para levar a figura carismática do Neymar. Tivemos episódios curiosos durante o Mundial, alguns nos quais podíamos ver japonesinhos na saída dos estádios fazendo as dançinhas do Neymar. Isso é marketing, pois nós fomos à fonte e abrimos um mercado importante a ser explorado, que irá nos render frutos nesse ano’, disse Luis Álvaro.

Indagado se acredita que a contratação de Zhizhao pode ter sido uma ‘jogada ruim’ de marketing do Corinthians, o presidente do Alvinegro Praiano depois analisou, em tom mais sério, a iniciativa do rival.

Publicidade

Para Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, a ideia corintiana só poderá ser avaliada após a chegada do chinês ao Parque São Jorge. ‘Trazer um chinês é uma alternativa. A China tem importado grandes jogadores, como o Conca (ex-Fluminense), que recebe um dos maiores salários do mundo. Não sei se o caminho inverso faz sentido. Mas cada clube desenvolve suas ações de marketing como quiser. E o Corinthians tem uma excelente área de marketing. O (diretor de marketing do Timão, Luis Paulo) Rosenberg é muito competente’, concluiu.

Publicidade