Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luis Alvaro diz que contusão de Ganso é incurável

Presidente do Santos disse que proposta financeira do São Paulo era menor do que a do clube da Baixada

A contusão de Paulo Henrique Ganso não tem cura. Quem afirma é o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que nesta segunda-feira disse que o jogador receberá menos no São Paulo em relação à proposta da direção do seu ex-clube. Em Zurique, na Suíça, onde participou de reuniões na Fifa, Luis Alvaro falou sobre a situação física de Ganso. “Vão ter de acompanhar com muito cuidado. O que ele tem é incurável”.

Leia também:

Leia também: Apresentado no São Paulo, Ganso diz que realizou sonho

Luis Alvaro disse que Paulo Henrique Ganso recebeu quatro propostas diferentes para ficar no Santos e que, na última, ganharia 420.000 reais, contra os 350.000 reais mensais que receberá em seu novo contrato com o São Paulo. “Ele não queria mais jogar no nosso clube.” O presidente confirmou que a venda de Paulo Henrique Ganso termina a parceria entre o time e a empresa DIS, do Grupo Sonda. Além de Ganso, a DIS é dona de 40% do passe de Neymar. O presidente do Santos reclamou da postura do São Paulo durante a negociação. “O São Paulo tem o jeito deles, que é diferente do meu. Não é um juízo de valor.” Luis Alvaro disse que não iria ceder nenhum centavo na negociação e alertou que preferia que Paulo Henrique Ganso tivesse deixado o Santos de outra maneira, mas admitiu que o jogador fez história no time. (Com Agência Estado)