Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luis Álvaro despista e ironiza acerto com Gérson Magrão: ‘Falta tudo’

Com o aval do Santos, o lateral esquerdo Gérson Magrão vem mantendo a sua forma física desde o início da semana no CT Rei Pelé. Mas, apesar de ter um acordo alinhavado com o jogador, que tenta a sua liberação na Fifa, o presidente do clube, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, resolveu não admitir as negociações e ainda ironizou o possível acerto do Peixe com o ala.

‘Falta tudo para um acerto com o Gérson Magrão’, disse o mandatário, em entrevista à Rádio Bandeirantes. ‘O Primavera de Indaiatuba – que solicitou junto a Fifa o Certificado de Transferência Internacional (CTI) do atleta – apenas nos pediu que disponibilizássemos o Cepraf (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol) que é modelo de excelência. Ele só tem feito recuperação física, não está treinando’, completou Luis Álvaro.

A situação de Gérson Magrão é complexa, pois o Dínamo de Kiev (Ucrânia) tenta comprovar junto a Fifa que não descumpriu o acordo firmado com o lateral. Magrão, por sua vez, alega atraso nos salários, o mesmo motivo pelo qual conseguiu uma liberação judicial para deixar o time ucraniano, em agosto do ano passado.

Sem uma resolução do imbróglio, a diretoria santista mantém uma postura cautelosa. Primeiro, a cúpula alvinegra espera a autorização e a assinatura do vínculo de Gérson Magrão com o Primavera de Indaiatuba (SP), que deve ser a ponte para a transferência do jogador para a Vila Belmiro.

Depois que o registro for feito, o Santos pode definir os últimos detalhes da transação e, conforme o planejado, possivelmente assinar um contrato de três anos com o lateral.

‘O Santos não corre atrás de jogador que esteja sob contrato com outro clube ou em situações como a do Magrão, que está em um processo contra seu clube. Só podemos procurá-lo quando esta situação estiver resolvida’, despistou o presidente.