Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lucas aguarda bronca de Leão por suspensão em decisão com Palmeiras

O São Paulo volta a perder um dos seus alicerces em um jogo importante na briga pela vaga na Libertadores-2012. Se na derrota da semana passada contra o Atlético-PR o centroavante Luis Fabiano cumpriu suspensão, agora é a vez do meia Lucas desfalcar a equipe na partida de domingo contra o Palmeiras pelo terceiro amarelo recebido diante do América-MG.

O camisa 7 acredita que não irá escapar de uma conversa com o técnico Emerson Leão na reapresentação do elenco. Quando uma situação semelhante ocorreu com Luis Fabiano, o treinador usou o pulso firme para chamar a atenção do artilheiro. Depois do jogo contra o América-MG, o comandante já esbravejou ao citar que os jogadores do São Paulo precisam ter consciência de sua importância na reta final do Campeonato Brasileiro.

‘A dura vai acontecer amanhã (terça-feira), hoje (segunda) é folga. Depois do jogo não teve conversa. Mas o Leão deve ter ficado muito bravo mesmo’, reconheceu Lucas, no lançamento de seu site oficial nesta segunda-feira na capital paulista.

Ao torcedor do São Paulo, o pior é tomar conhecimento sobre a chance de ver a entrada de jogadores que ainda não vingaram no elenco. Sem a presença de Lucas, Marlos e Fernandinho são os favoritos para formar o trio ofensivo da equipe do Morumbi.

Enquato isso, resta a Lucas assumir o erro pelo cartão amarelo recebido aos 27 minutos do segundo tempo ao cometer uma falta no meio-campo quando o São Paulo já vencia o América-MG por 3 a 0. ‘O Leão tem toda razão, devia ter tomado cuidado, mas estou para aprender. Ele tem experiência, sabe o que está falando, eu vou saber ouvir’, afirmou.

Por outro lado, a estrela tricolor reclamou do excesso de rigor do árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique, do quadro da Fifa. O jogador está ciente de que é um ponto de desequilíbrio em favor do São Paulo.

‘Para mim, pesa não enfrentar o Palmeiras, sei que se trata de um jogo importante. São os dois jogos da nossa vida, queria fazer parte. O juiz também foi rigoroso, um lance besta na lateral, mas preciso respeitar a decisão dele. Vou treinar forte para jogar com o Santos e torcer por meus companheiros contra o Palmeiras’, destacou Lucas.