Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Londres-2012 devolverá dinheiro de quem comprou ingresso e não quer mais ir

Londres, 17 jan (EFE).- O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres (Locog) devolverá o dinheiro a pessoas que compraram ingressos para assistir a alguma competição, mas que não desejam mais assistir ao evento, e os colocará a venda novamente em abril, anunciou o organismo nesta terça-feira.

O Locog havia criado um site oficial de revenda para que os próprios interessados oferecessem seus ingressos a outras pessoas. No entanto, após vários problemas técnicos, o comitê optou pela devolução.

A decisão aconteceu após um processo de venda de entradas que se mostrou confuso: primeiro, houve colapso nos servidores que administravam as negociações; depois, foi anunciado de forma errada a várias pessoas que elas tinham conseguido comprar um ou mais bilhetes.

No total, foram vendidos 10,8 milhões de ingressos (8,8 milhões para os Jogos Olímpicos e 2 milhões para os Paraolímpicos), que foram atribuídos por sorteio entre as dezenas de milhões de pedidos recebidos pelo Locog.

O comitê autorizou algumas empresas estrangeiras a venderem entradas, mas advertiu aos espectadores britânicos que havia o risco de que eles obtivessem bilhetes falsos quando fizessem a compra pela internet.

O site desenvolvido pelo organismo foi reaberto nesta terça-feira, após vários dias fechado por motivos técnicos, mas não será possível comprar ingressos até quatro meses antes do começo dos Jogos, em 27 de julho.

A partir desta terça, é reaberto um prazo de duas semanas, até 3 de fevereiro, no qual quem tem entradas para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos poderá vendê-las no site do organismo por seu ‘valor nominal’.

‘Todos os ingressos que comprarmos dos espectadores serão colocados de novo à venda a partir de abril. Acreditamos que este sistema, comprar os ingressos e voltar a oferecê-los, será uma experiência melhor para nossos clientes’, declarou o diretor comercial do Locog, Chris Townsend. EFE