Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Londres 2012 acusa quadrilha por roubo de 2,7 milhões de libras dos Jogos

Londres, 6 mar (EFE).- Uma rede criminosa internacional se fez passar por uma construtora para roubar 2,3 milhões de libras (R$ 6,36 milhões) dos cofres dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, relatou nesta terça-feira em um julgamento na capital britânica o órgão responsável pelo planejamento e a construção da infraestrutura do evento.

Os acusados entraram em contato com a Autoridade Olímpica (ODA) e se fizeram passar como funcionários da construtora Skanska, uma das companhias que atuou na construção de diversos equipamentos olímpicos.

Os criminosos garantiram aos responsáveis pelos Jogos que a construtora havia mudado o número de sua conta bancária, e solicitaram que fizessem diversos pagamentos na nova conta, que na verdade era do líder da quadrilha, de acordo com a versão da ODA.

Após receber um pagamento de 2,3 milhões de libras, a quadrilha teria feito uma série de transações rápidas para tentar apagar seus rastros.

O grupo, formado por oito pessoas, tentou sacar o dinheiro em espécie para lavá-lo fora do Reino Unido, disseu durante a audiência o promotor James Dawes.

Faltando cinco meses para o início da 30ª edição dos Jogos, o Estádio Olímpico e quase todas as instalações já estão praticamente prontas.

O investimento total será de mais de 10 bilhões de euros, segundo dados divulgados pelo Comitê Organizador dos Jogos. EFE