Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lochte quebra o silêncio: ‘Assumo total responsabilidade’

Em entrevista a rede americana NBC, nadador assume a culpa pelo episódio, mas diz que apenas exagerou na versão

Por Da redação - Atualizado em 20 ago 2016, 22h31 - Publicado em 20 ago 2016, 21h01

Em sua primeira declaração após a reviravolta no caso do falso assalto aos nadadores americanos durante a Olimpíada do Rio de Janeiro, Ryan Lochte concedeu entrevista ao âncora Matt Lauer, no programa NBC Nightly News, da rede de televisão NBC, e deu a sua versão dos fatos depois que seu depoimento fantasioso foi desbancado pela polícia.

O nadador admitiu que exagerou na narrativa dos fatos e que a versão originalmente contada não era totalmente verdadeira, mas ele ainda busca sustentar a sua história.

“Eu assumo total responsabilidade”, diz Lochte. “Eu exagerei muito aquela história. Se eu não tivesse feito isso, nós não estaríamos nessa confusão… Nada disso teria acontecido. Foi o meu comportamento imaturo (que causou tudo isso)”, complentou o nadador à rede NBC.

Lochte, porém, ressaltou que teve “uma arma apontada para ele” no episódio. “É como cada lado quer fazer parecer: pode chamar de roubo, pode chamar de extorsão ou apenas um pagamento pelos danos. O fato é que uma arma foi apontada em nossa direção, e nos foi exigido algum dinheiro.”

Continua após a publicidade

Matt Lauer relata a versão de que uma terceira pessoa se ofereceu para traduzir em inglês a exigência do segurança do posto de combustíveis de que eles teriam que pagar pelos prejuízos causados e pergunta a Lochte: “Isso não parece justo?”. O nadador americano confirma que sim, mas diz que eles estavam assustados e só queriam ir embora naquele momento.

Para o Jornal Nacional da Rede Globo, à noite, Lochte repetiu essa versão. Ele acrescentou que está totalmente arrependido, disse que os brasileiros não mereciam ter passado por essa história e se desculpou com a população e as autoridades.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade