Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lochte é suspenso por 10 meses por escândalo nos Jogos do Rio

Nadador já havia perdido parte de seus patrocinadores por causa de mentira sobre assalto

O nadador americano Ryan Lochte, que possui 12 medalhas olímpicas e conquistou um ouro nos Jogos do Rio, foi suspenso por 10 meses, por causa da mentira sobre o assalto em posto de gasolina – a polícia descobriu que a versão de e de outros nadadores sobre o ocorrido era falsa.

LEIA MAIS:
Lochte quebra o silêncio: ‘Assumo total responsabilidade’

A suspensão foi proferida pelo Comitê Olímpico dos EUA e a federação de natação do país. Lochte, medalhista de ouro na prova de revezamento 4x200m livre no Rio, também perderá as recompensas em dinheiro dos Jogos e a quantia que recebe mensalmente do Comitê Olímpico dos EUA e da associação de natação, além de ter perdido acesso aos centros de treinamento do comitê.

Ele vai perder o campeonato nacional do ano que vem e, consequentemente, não ficará elegível para o campeonato mundial em julho. Ele deve realizar 20 horas de serviço comunitário e não vai participar da visita da equipe olímpica americana à Casa Branca.

Lochte, de 32 anos, perdeu quatro de seus principais patrocinadores depois de admitir que “exagerou” ao comentar um suposto roubo com os outros três nadadores durante os Jogos Olímpicos do Rio.

(Com agência Reuters)