Clique e assine a partir de 8,90/mês

Rio-2016: Nadador Ryan Lochte é assaltado após festa na Lagoa

Lochte e outros três nadadores americanos estavam dentro de um táxi saindo de uma festa quando ladrões armados exigiram dinheiro e os bens dos atletas

Por Da Redação - Atualizado em 14 ago 2016, 14h55 - Publicado em 14 ago 2016, 14h34

O nadador norte-americano Ryan Lochte foi assaltado na madrugada deste domingo (14/08). O comitê olímpico dos EUA (USOC, na sigla em inglês) primeiro negou a informação, para depois confirmá-la.

Segundo a nota oficial da USOC, Lochte e outros três nadadores americanos – Gunnar Bentz, Jack Conger e Jimmy Feigen – estavam dentro de um táxi saindo de uma festa na Casa França, na Lagoa, zona sul do Rio de Janeiro, em direção à Vila Olímpica, quando ladrões armados, passando-se por policiais, exigiram dinheiro e os bens dos atletas. 

Leia mais
Rio-2016: a caminho do esporte

A mãe de Lochte disse que o nadador não se feriu, mas ficou abalado com o incidente. “Acho que eles ficaram todos abalados”, disse Ileana Lochte ao jornal USA Today. “Eles levaram as carteiras deles. Foi basicamente isso.”

O assessor de imprensa de Thiago Pereira  disse neste domingo que o nadador brasileiro telefonou para Lochte após saber nesta manhã de notícias que afirmam que nadador americano foi alvo de um assalto a mão armada.

“O Thiago e a esposa foram ontem à noite comemorar o aniversário de um amigo em comum com Lochte na Casa da França”, disse o porta-voz do nadador brasileiro.

“Eles seguiram caminhos separados quando o Thiago voltou com a esposa para o hotel”, contou. “Hoje pela manhã, ele viu as notícias e ligou para Lochte, que disse que estava bem e que o táxi em que estava foi assaltado.”

(Com Reuters)

 

Continua após a publicidade
Publicidade