Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lincoln pede desculpas ao elenco e continua no Avaí até o fim de 2011

Em reunião na última quarta-feira, o meia Lincoln e a diretoria do Avaí decidiram pela permanência do jogador no clube até o final de 2011. O meia pediu desculpas aos companheiros pela confusão com o volante Diogo Orlando, durante a partida contra o Vasco, e decidiu cumprir o seu contrato com o clube catarinense, disputando as últimas duas partidas do Brasileirão.

O gerente de futebol do Avaí, Carlos Arini, conversou com os atletas, com a comissão técnica e com Lincoln, que assumiu o erro e foi ao vestiário se desculpa com os companheiros após a conversa com os dirigentes do clube.

‘Da parte do Avaí está resolvida a situação. Resolvemos o caso internamente e não vamos mais falar sobre isso. O Avaí está acima de tudo.’, disse Arini.

Segundo Lincoln, a certeza da queda do Leão da Ilha para a segunda divisão foi a principal causa da discussão dentro de campo, pois os jogadores estavam nervosos com a situação do clube.

‘Ali no momento, de cabeça quente, quando a gente estava tendo a certeza da queda, acaba que a gente se excede um pouco. Vocês sabem do meu empenho desde a minha chegada ao clube pra tentar tirar o Avaí dessa situação’, declarou.

O jogador também comentou sobre a conversa que teve com o elenco avaiano nesta quarta-feira: ‘Tive a oportunidade de pedir desculpas, o que eu já fiz internamente para o grupo, especificamente para o Diogo. Foi um erro. Devo pedir desculpas também para o torcedor. O mais importante é o Avaí’.

Lincoln reforçará o Avaí no próximo domingo, na partida contra o Coritiba fora de casa, e na última rodada, no clássico contra o Figueirense, na Ressacada.