Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Liga chinesa de basquete proíbe contratação de atletas da NBA

Por Da Redação 20 ago 2011, 11h38

A China não deverá mesmo receber atletas da NBA, ao menos não os principais jogadores do basquetebol norte-americano. Isso porque a liga local vetou oficialmente a chegada de jogadores oriundos do maior campeonato do mundo, excetuando aqueles que tiveram o seu contrato encerrado e sejam agentes livres.

A Associação de Basquetebol da China (CBA) emitiu um comunicado informando a implementação da nova regra, que tem como medida evitar que os jogadores usem o país de forma apenas passageira – ou seja, apenas enquanto durar a greve, como quer a maioria dos atletas (e como fez Leandrinho Barbosa ao voltar ao Brasil para jogar pelo Flamengo).

O comunicado afirma que os 108 jogadores da liga norte-americana que estão com contrato com alguma equipe não terão permissão de disputar a liga chinesa. E os jogadores que forem agentes livres terão obrigatoriamente que permanecer na equipe que o contratou por toda a temporada.

A medida, então, deverá evitar que alguns jogadores de renome como Kobe Bryant, Dwight Howard, Dwyane Wade e Kevin Durant escolham o país para se manter em atividade enquanto a greve – que ainda não dá sinais de uma resolução – durar.

Continua após a publicidade
Publicidade