Clique e assine com até 92% de desconto

Líder do Francês, PSG demite técnico e paga R$ 7 milhões de rescisão

Por Da Redação 22 dez 2011, 20h02

O brasileiro Leonardo já realizou sua primeira demissão como dirigente do PSG. O clube confirmou a demissão do técnico francês Antoine Kombouare, que receberá 3 milhões de euros (cerca de R$ 7,3 milhões) pela rescisão do contrato válido até 2013. É vítima da pressão sobre o clube que tem como sócio majoritário o fundo de investimentos liderado pelo xeque catariano Hamad bin Al Thani.

A decisão de trocar o comando ocorreu principalmente por conta da eliminação na fase de grupos da Liga Europa, já que a equipe lidera o Campeonato Francês com 40 pontos, três acima do Montpellier, segundo colocado.

A definição ocorreu justamente depois de o time vencer o Saint-Etienne fora de casa por 1 a 0 nesta quinta-feira. No domingo, quando o Paris Saint-Germain ficou no 0 a 0 com o Lille na capital francesa, a torcida cantou o nome de Kombouare, demonstrando apoio.

Um dos nomes mais cotados para assumir o PSG no restante da temporada é o italiano Carlo Ancelotti, que trabalhou recentemente no Chelsea e já foi campeão da Liga dos Campeões com o Milan.

Dentro de campo, a expectativa é pelo anúncio da contratação de David Beckham. O astro inglês, que estava no Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, e conhece Leonardo desde os tempos em que o ex-meia era dirigente do Milan e pode já se juntar ao elenco do PSG nas próximas semanas.

Continua após a publicidade
Publicidade