Clique e assine a partir de 9,90/mês

Libertadores: Guerrero é suspenso e não pega o São Paulo

Atacante peruano levou três partidas de gancho pela expulsão contra o Once Caldas. Além do clássico, ele perderá duelo com o atual campeão San Lorenzo

Por Da Redação - 12 fev 2015, 10h33

Pouco antes do empate em 1 a 1 contra o Once Caldas que o classificou à fase de grupos da Libertadores, o Corinthians foi informado pela Conmebol de que Paolo Guerrero está suspenso por três partidas da competição continental. Com isso, o atacante peruano está fora do duelo contra o São Paulo, clássico que abre a disputa do Grupo 2 na próxima quarta-feira, no Itaquerão.

Leia também:

Corinthians empata na Colômbia e avança na Libertadores

Corinthians supera expulsão de Cássio e vence o Palmeiras

Continua após a publicidade

Corinthians contrata Vagner Love

O jogador foi expulso no primeiro dos duelos com o Once Caldas, pela fase prévia da principal competição sul-americana. Na goleada por 4 a 0 em São Paulo, Guerrero recebeu o cartão vermelho do juiz Patricio Loustau, que viu como uma agressão o toque do atacante no defensor Camilo Pérez. No lance, Guerrero se irritou com o marcador e o atingiu no rosto com uma braçada, após uma disputa de bola.

Guerrero cumpriu suspensão automática na segunda partida contra o Once Caldas e ainda tem dois jogos de gancho a cumprir. Além de desfalcar o Corinthians no clássico da próxima semana, ele perderá a partida contra o atual campeão San Lorenzo, no dia 4 de março, em Buenos Aires. Recém-contratado, o atacante Vagner Love pode ser seu substituto.

Não cabe recurso à decisão do Tribunal de Disciplina da Conmebol, definida por um juiz boliviano. O técnico Tite, naturalmente, não gostou. “Não vou fazer nenhum comentário. Vou deixar que a direção faça, que o departamento jurídico faça. Não vou fazer nenhum comentário, mas tenho vontade. Confesso que tenho vontade”, disse, após a partida em Manizales.

Continua após a publicidade

(Com Gazeta Press)

Publicidade