Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Liberado pelos médicos, Valdivia aguarda resultado de biópsia

Por Da Redação
17 abr 2012, 13h56

O meia Valdivia e o atacante Luan estão liberados pelo departamento médico do Palmeiras e passam agora por condicionamento sob os cuidados do preparador físico Anselmo Sbragia. O Mago, inclusive, já passou por exames detalhados para detectar os motivos de tantas lesões, mas a dupla ainda não tem presença garantida nas quartas de final do Paulistão, contra o Guarani, no domingo.

‘Eles foram liberados da parte médica, mas estão no começo do treinamento com o departamento físico e não tem como falar alguma coisa ainda’, explicou o médico Vinícius Martins.

O chileno se recuperou de lesão na coxa esquerda e precisa recuperar agora o condicionamento para jogar. No início do ano, o Mago desfalcou o Verdão por sete partidas, em função de um problema na coxa direita. A série de lesões do meia fez o departamento clínico palmeirense aprofundar a busca por algum outro problema do jogador.

Na semana passada, o atleta passou por uma biópsia, com a retirada de um pedaço do músculo do ombro esquerdo. Na época, a alegação no Palmeiras era de que se tratava de um procedimento estético. No entanto, o responsável por confirmar o novo teste foi o técnico Luiz Felipe Scolari. Assim, o fisiologista do Verdão, Paulo Zogaib, explicou que o exame servirá para ditar o ritmo dos treinamentos do chileno.

Continua após a publicidade

‘A ideia é tentar enxergar ou entender como a musculatura dele funciona. É mais um dado que mostra o tipo de fibra dele e em que estado estão as fibras. Toda essa análise vai servir para orientar os treinamentos, como o tipo de carga que podemos dar. Saberemos se pode ter mais intensidade, potência, força… Fica mais fácil entendendo a musculatura dele’, comentou Zogaib, em contato por telefone.

O fisiologista esclareceu que a biópsia é comum, mas não realizada rotineiramente por se tratar de um exame mais invasivo. A decisão de submeter Valdivia ao teste se deu por conta dos frequentes problemas musculares.

O resultado é esperado até o fim desta semana. Mesmo assim, o curativo no braço não atrapalha os trabalhos do camisa 10 na Academia de Futebol. Apesar de apenas o chileno ter passado pela avaliação, o elenco completo foi submetido recentemente a exames de DNA, que também servem para avaliar a musculatura.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.