Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lesões deixam o Coxa sem opções de ataque para a final

A derrota do Coritiba, em casa, para o Sport custou muito mais do que três pontos na Série A do Campeonato Brasileiro. Apó abrir 2 a 0, em tarde inspirada do meia Tcheco, o alviverde permitiu a virada dos pernambucanos e para o técnico Marcelo Oliveira o resultado tem explicação.

As lesões de Marcel e Anderson Aquino, que formavam a dupla de ataque obrigaram a equipe a mudar o estilo de jogo. Com as entradas do angolano Geraldo e do garoto Rafael Silva, o Coxa ganhou em velocidade, mas não conseguiu segurar a bola no campo ofensivo.

Mas a ausência dos atacantes não criou problemas para o treinador apenas na partida do último domingo. Como o titular Roberto se recupera de uma contratura muscular, o ataque paranaense fica sem opções para o primeiro jogo da final da Copa do Brasil. No duelo contra o Palmeiras, a tendência é que o volante Gil assuma a vaga de Roberto para fortalecer o meio campo, mas é possível que algum garoto da base seja utilizado.

Empolgação: Para a decisão de quinta-feira na Arena Barueri, na Grande São Paulo, foram destinados 4 mil ingressos para a torcida do Coxa. Com vendas apenas pela internet, os torcedores esgotaram as entradas em aproximadamente uma hora, demonstrando confiança na equipe que decide a Copa do Brasil pelo segundo ano consecutivo.