Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lesão no tornozelo de Roddick pode tirá-lo também da Copa Davis

Por Da Redação - 19 jan 2012, 14h36

O norte-americano Andy Roddick colocou em risco sua participação na Copa Davis devido à lesão no tornozelo direito ocorrida nesta quinta-feira, no Aberto da Austrália. O tenista abandonou o jogo contra o jogador local Lleyton Hewitt, quando as parciais eram de 3/6, 6/3 e 6/4 a favor do australiano.

‘Provavelmente eu não vou jogar’, comentou o jogador descrente com a possibilidade de atuar na primeira rodada da Copa Davis. A previsão é que Roddick volte às quadras em três semanas.

‘Não consigo estar pronto para jogar em dois dias, a não ser que alguém aqui consiga tirar um coelho da cartola’, brincou o norte-americano na coletiva de imprensa, em Melbourne, na Austrália. Havia grande expectativa para a atuação de Andy Roddick ao lado da compatriota Serena Williams nas duplas mistas contra o norte-americano Mike Bryan e a tcheca Kveta Peschke, cabeças de chave número um.

Andy Roddick bem que tentou terminar o jogo contra o australiano e forçou sua permanência em quadra, mas não resistiu às dores e se viu obrigado a abandonar para não agravar qualquer tipo de lesão. ‘Não deu para pensar com clareza naquela situação, por isso tentei ver o que dava para fazer’, comentou.

Continua após a publicidade

‘No segundo atendimento, os médicos me disseram que dificilmente eu conseguiria continuar. Então, parar acabou deixando de parecer uma má ideia’, explicou o número 16 do mundo.

Publicidade