Clique e assine com até 92% de desconto

‘Leonas’ argentinas buscam reabilitação contra Nova Zelândia no hóquei

Por Da Redação 1 ago 2012, 18h54

Londres, 1 ago (EFE).- As ‘Leonas’ argentinas disputarão a terceira partida de hóquei sobre grama nesta quinta-feira com a obrigação de ganhar da Nova Zelândia, equipe que lidera o Grupo B com seis pontos, para se manter na briga por uma vaga na próxima fase de competição.

Após perder para os Estados Unidos por 1 a 0, na terça-feira, o técnico argentino Carlos Retegui terá pouco mais de 48 horas para recuperar a equipe e encarar os três últimos compromissos da primeira fase, contra a Nova Zelândia, Alemanha e Austrália.

A Argentina, que é segunda colocada no ranking mundial, tem que colocar toda a experiência e técnica em campo para alcançar a vitória contra as neozelandesas, que vem melhorando o desempenho desde os Jogos Olímpicos de Pequim.

Classificada através da Copa da Oceania, a Nova Zelândia chegou a Londres 2012 com 12 jogadoras estreantes e pelas mãos do técnico Mark Hager, neozelandês com 230 partidas desde que assumiu o cargo, em 2009.

Gemma Flynn, Kayla Sharland, Emily Naylor e Krystal Forgesson são as únicas jogadoras com experiência olímpica presentes em Londres. Nos Jogos, a seleção neozelandesa já venceu a Austrália pelo placar de 1 a 0, e depois passou pela África do Sul: 4 a 1.

Argentina e Nova Zelândia já se enfrentaram em três ocasiões nos Jogos Olímpicos, e a vitória sempre foi das sul-americanas. Em Sydney (2000), golearam por 7 a 1, em Atenas ganharam por 3 a 0, e em Pequim, por 3 a 2.

Em outro confronto do grupo D, a Alemanha também buscará a segunda vitória diante da África do Sul, após perder para a Austrália, por 3 a 1. As australianas, aliás, são as próximas adversárias da seleção dos Estados Unidos. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade