Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leonardo diz ter perdido imagem de ‘bom menino’

Roma, 19 dez (EFE).- Conhecido no Brasil e nos diversos países em que atuou como jogador por seu temperamento afável e sua cordialidade, Leonardo reconheceu ter mudado essa imagem desde que deixou os gramados para trabalhar fora das quatro linhas.

‘Perdi a imagem de bom menino’, disse o brasileiro em entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal italiano ‘La Repubblica’.

‘Não tenho medo de polêmicas nem me perturbo com elas, e me bastam poucas horas de sono. O futebol não é uma utopia, nem eu sou candidato ao prêmio Nobel da Paz’, afirmou Leonardo, de 42 anos, ex-técnico de Milan e Inter e que hoje é dirigente do Paris Saint-Germain.

‘Treinar equipes me fez mudar, me ensinou a dizer ‘não’, a ser menos simpático e mais consciente’, declarou.

O ex-jogador também disse se sentir ‘muito feliz’ com o crescimento da sociedade e a economia do Brasil, e acrescentou que o país tem ‘valores a transmitir’.

Revelado pelo Flamengo, que defendeu entre 1987 e 1990, Leonardo passou ainda por São Paulo (1990-1991, 1993-1994 e 2001-2002), Valencia (1991-1993), Paris Saint-Germain (1996-1997) e Milan (1997-2001 e 2002-2003) em 16 anos de carreira nos gramados.

‘Estou ainda em viagem’, finalizou. EFE