Clique e assine com 88% de desconto

Leonardo confirma contratação de Ibrahimovic pelo PSG

Por Da Redação - 17 jul 2012, 16h23

O brasileiro Leonardo, diretor de futebol do Paris Saint-Germain, confirmou à AFP nesta terça-feira que o clube da capital francesa chegou a um acordo com o Milan para a contratação do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic.

O canal especializado em esportes BeIn Sport, que pertence ao fundo de investimento Qatar Sport Investments (QSI), também proprietário do PSG, já tinha informado antes que ‘Ibra’ estava sendo esperado em Paris na noite desta terça-feira.

O sueco, que completará 31 anos em outubro, deve passar por exames médicos na manhã desta quarta-feira, às 08h00 locais (03h00 de Brasília) e ser apresentado à imprensa às 16h00 locais (11h00 de Brasília).

Com um salário bruto de cerca de 15 milhões de euros por ano, o atacante receberá o salário mais alto da história no Campeonato Francês, desbancando o zagueiro brasileiro Thiago Silva (9 milhões), assim como ele, recém-contratado pelo PSG junto ao Milan, no último sábado.

Publicidade

Para tirar esses dois atletas do time italiano, o clube parisiense teria desembolsado entre 70 e 80 milhões de euros.

Minado por problemas financeiros, o Milan não teve como impedir a saída de dois dos seus melhores jogadores. Além do valor da multa rescisória, a transferência ajudará o clube a reduzir sua folha salarial.

A atuação de Leonardo foi decisiva, já que o dirigente brasileiro sempre teve relações privilegiadas com o Milan, no qual foi jogador e treinador, e acabou conseguindo fechar as duas contratações ao fazer uma oferta ‘irrecusável’ ao presidente do clube ‘rossonero’, Silvio Berlusconi.

O PSG enfim conta com um atacante de classe mundial no seu elenco, após ter fracassado nas suas tentativas de contratar o brasileiro Alexandre Pato e o atacante Carlos Tévez.

Publicidade

As negociações se arrastaram por vários dias, menos pela resistência de Berlusconi para liberá-lo do que pelas exigências salariais do sueco, que não quis abrir mão da remuneração que receberia no Milan até o fim do seu contrato, que vencia apenas em 2014.

Ibrahimovic é o quarto reforço do time da capital francesa para a próxima temporada, após Thiago Silva, o meia argentino Ezequiel Lavezzi (ex-Napoli) e o jovem italiano Marco Verratti (ex-Pescara), de 19 anos.

As finanças dos proprietários qataris do PSG parecem não ter limites e o clube não deve parar por aí. O próximo alvo de Leonardo seria seu compatriota Kaká, do Reak Madrid, eleito melhor jogador do mundo em 2007.

As cifras milionárias envolvidas nas negociações da transferência de ‘Ibra’ já geraram forte polêmicas na França. A ex-ministra dos Esportes, Roselyne Bachelot, declarou nesta terça-feira ao canal francês de informação i-Télé sua “indignação com os salários incrívelmente altos” que serão pagos ao sueco.

Publicidade