Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Léo se vê como válvula de escape para Neymar

Por Da Redação Atualizado em 19 jul 2016, 14h08 - Publicado em 5 jun 2012, 11h47

Mesmo com um jogo diante de uma das equipes mais fortes do futebol brasileiro, o Fluminense, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão, as semifinais da Copa Libertadores da América seguem dominando as entrevistas no Santos. O veterano lateral esquerdo Léo falou sobre os duelos com o Corinthians, especialmente o primeiro, marcado para o dia 13, e espera um adversário cauteloso jogando na Vila Belmiro.

‘Sabemos que o Corinthians vem para marcar, ‘enervar’ e jogar no contra-ataque. Não acredito que eles venham para cima ou joguem de igual pra igual. Eles se postam muito bem taticamente e vamos precisar ter muita qualidade para trabalhar a bola, com tranquilidade, e furar esse bloqueio’, disse Léo, que pode integrar o meio-campo santista contra o Timã

O experiente ala pode ser deslocado para o meio-campo, em uma alteração que visaria suprir a ausência do meia Paulo Henrique Ganso. O camisa 10 do Peixe está em recuperação de uma artroscopia no joelho direito e não deve atuar na primeira partida entre os rivais paulistas. Ganso tem chances de retornar para o segundo e decisivo confronto, no próximo dia 20, no Pacaembu.

O técnico Muricy Ramalho não admite, mas a principal opção para substituir Ganso contra o Corinthians é Alan Kardec. O fato de Borges ter se recuperado de lesão muscular e ter sido liberado para enfrentar o Timão pode pesar ainda mais na escolha do treinador.

Porém, Léo acredita que a sua participação no meio-campo santista pode ajudar o atacante Neymar a fugir da dura marcação que deve ser imposta pelo adversário. ‘Não sei qual será a proposta de jogo do Muricy contra o Corinthians. Sabemos que a marcação sobre o Neymar, como sempre, deve ser muito forte. Até porque, se der espaço ele acaba com a partida. Só que não creio que ele irá mudar a sua maneira de jogar, ousado do jeito que ele é, pois assim ele vem conquistando o seu espaço. Mas se o Muricy precisar da minha ajuda para algum esquema especial, eu estarei pronto para fazer o meu melhor’, concluiu.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês