Clique e assine a partir de 9,90/mês

Léo aprova teste e se vê preparado para desafio de substituir Ganso

Por Da Redação - 2 jun 2012, 16h37

Com o meia Paulo Henrique Ganso em recuperação de uma artroscopia no joelho direito, a vaga de responsável pela criação de jogadas no meio-campo do Santos está em aberto. O técnico Muricy Ramalho testou Alan Kardec na posição, no treino tático realizado nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé, mas o veterano Léo também exerceu essa função durante a atividade. Segundo o experiente lateral esquerdo, o resultado do teste no meio-campo foi positivo.

‘Jogar fora da lateral esquerda é uma coisa que eu não fazia há 12 ou 13 anos, desde os tempos de União São de Araras-SP. Mesmo assim, no treino de ontem (sexta) me senti à vontade e consegui articular algumas boas jogadas. Com a sequência, acho que poderei colaborar, caso seja utilizado nessa função’, disse Léo, que iniciou a atividade jogando na faixa de campo correspondente ao atacante Neymar, que está ausente, defendendo a Seleção Brasileira.

A expectativa de Léo, atleta mais velho do elenco santista, que completa 37 anos de idade em julho, é ganhar a confiança de Muricy durante os treinamentos, como meia de ligação.

Destaque na vitória sobre o Vélez Sarsfield (Argentina), que valeu a classificação às semifinais da Copa Libertadores da América – o lateral entrou no decorrer do segundo tempo, deu o passe para o gol de Kardec e converteu a última cobrança na disputa de pênaltis -, Léo acredita que a experiência pode pesar a seu favor neste momento.

‘O Ganso é o nosso maestro, um jogador que vive um momento extraordinário e vai fazer falta. Mas em todos esses anos em que estou no Santos, sempre estive ciente da minha responsabilidade e estou me preparando para mais esse desafio’, comentou.

Em tratamento da cirurgia no joelho, que serviu para retirar resíduos acumulados no local, operado no ligamento cruzado anterior em 2007, o camisa 10 do Peixe tem chances de retornar para a segunda partida semifinal da Libertadores, contra o Timão, no próximo dia 20, no Pacaembu. Só que a participação de Paulo Henrique Ganso neste duelo irá depender da sua recuperação e do aval do departamento médico do clube.

Continua após a publicidade
Publicidade