Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lenda olímpica, Comaneci se diz orgulhosa de Rebeca: ‘Você fez história’

Detentora de nove medalhas, conquistadas nos Jogos de Montreal-1976 e Moscou-1980, ex-ginasta romena elogiou a façanha da brasileira em Tóquio

Por Da Redação Atualizado em 29 jul 2021, 12h57 - Publicado em 29 jul 2021, 12h47

A histórica ex-ginasta romena Nadia Comaneci, detentora de nove medalhas olímpicas – três ouros, uma prata e um bronze em Montreal-1976, além de mais dois ouros e duas pratas em Moscou-1980 –, exaltou em suas redes sociais o feito da brasileira Rebeca Andrade, 22 anos, que fez história na manhã desta quinta-feira, 29, ao conquistar nos Jogos de Tóquio a primeira medalha olímpica da ginástica artística feminina do Brasil.

“Tão orgulhosa de você e de sua equipe pelo trabalho árduo e dedicação. Você fez história”, disse Comaneci, seguido da postagem de uma foto da atleta há oito anos, durante uma competição nos Estados Unidos. “Tudo começou em 2013, aqui em Oklahoma, quando Rebeca Andrade ganhou o Nadia Comaneci Invitational. Muito orgulhosa de seu trabalho duro. Parabéns, Brasil”, completou.

Comaneci é considerada uma das melhores atletas da história. Ela recebeu a primeira nota 10 da modalidade, nas barras assimétricas, a pontuação perfeita almejada pelas ginastas.

  • Rebeca conquistou a medalha de prata na prova mais importante da modalidade, o individual geral. O ouro ficou com americana Sunisa Lee e o bronze com a russa Angelina Melnikova.

    A prova recebeu enorme atenção mundial, pois oficializou a desistência de Simone Biles, maior estrela dos Jogos, que decidiu priorizar sua saúde mental e abrir mão da disputa. A americana assistiu à disputa no ginásio e demonstrou entusiasmo com a façanha de Rebeca, atleta que se recuperou de uma dura sequência de lesões para cravar seu nome na história do esporte nacional.

    Continua após a publicidade
    Publicidade