Clique e assine com até 92% de desconto

Leão se diz surpreso e feliz com movimentação do time no 5 jogo do ano

Por Da Redação 5 fev 2012, 22h11

Emerson Leão demonstrou satisfação não só com a liderança do Campeonato Paulista, mas a atuação do São Paulo na vitória por 3 a 1 sobre a Ponte Preta neste domingo. O técnico considera que a condição física demonstrada por seus comandados foi até superior à prevista para a quinta partida da temporada.

‘A movimentação foi muito alta para uma quinta rodada. Ganhar aqui já é difícil. Por dois gols de diferença, é mais difícil ainda. Por isso estou contente’, comemorou o treinador, que neste Estadual já criticou duramente a equipe mesmo após vencer o Oeste por 3 a 2 na segunda rodada.

Até pela estreia de Jadson, o comandante, desta vez, aprovou a partida. ‘[A vitória] É de uma importância fundamental. Pelos três pontos, dificuldade da partida e do adversário, pela estreia [de Jadson], pelos que o ajudaram na entrada’, comentou Leão, que escalou Maicon para auxiliar o camisa 10.

A estrutura tática foi mexida para que o jogador vindo do Shakhtar Donetsk rendesse. O meio-campo teve também a entrada de Cícero ao lado de Wellington na marcação, mas com qualidade na saída de bola para também ajudar quando chegasse à frente. A estratégia só mudou no segundo tempo, quando o já cansado Jadson saiu para a entrada de Casemiro.

‘Quando senti que perdi o meio-campo e o adversário estava em fluxo de desempate, querendo o 2 a 1, comecei a mudar’, relembrou Leão, que viu Casemiro participar dos dois últimos gols do Tricolor e ainda reforçou a marcação com Denilson no lugar de Maicon.

‘Tiramos dois jogadores técnicos e colocamos duas saúdes para segurar o resultado. Eu não estava mais preocupado em fazer o quarto gol, mas em não tomar o segundo. A inteligência é que manda e jogamos pelo resultado’, celebrou.

Continua após a publicidade
Publicidade