Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leão pede clube ‘vanguardista’ com Libertadores para atrair reforço

Emerson Leão ainda não sabe se estará no São Paulo em 2012, mas já faz um prognóstico para a próxima temporada: sem uma vaga na Libertadores, será mais complicado realizar boas contratações. O técnico alerta que, diferentemente de outros tempos, não basta ser um clube grande, com histórico de títulos.

‘O São Paulo sempre ofereceu uma camisa vencedora aos jogadores, e isso seduzia muito. Mas a sedução hoje não é só isso’, analisou o comandante, ressaltando a necessidade de o clube não passar o segundo ano consecutivo fora do torneio continental, competição que mais gosta de participar.

Na visão do treinador, a única alternativa que pode atrair bons jogadores é o pagamento de altos salários, algo que o Tricolor – mais especificamente, o presidente Juvenal Juvêncio – se mostra bastante contrário. Com isso, só resta crescer dentro de campo, com resultados que coloque o time entre os principais da América.

‘São necessárias outras coisas que o São Paulo às vezes não quer dar, mas tem tentado. Já houve um segundo ano de comparações, não pode ter outro ano sem ofertar algo de bom. Para 2012, precisa melhorar, mudar, crescer para que volte à rotina de títulos. Aguardamos isso’, falou o ex-goleiro, apontando que o clube completará a terceira temporada seguida sem levantar um troféu.

A declaração de Leão é para que o São Paulo acorde e retome uma postura que o deixava à frente dos rivais. ‘O São Paulo sempre foi um vanguardista. Quando terminava o ano, sempre tinha uma novidade positiva em relação a jogadores. Mas o Brasil foi mudando tanto que as coisas começaram a se tornar mais difíceis’, opinou.