Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leão muda discurso e diz confiar na vaga do São Paulo

Por Bruno Deiro

São Paulo – O clima no São Paulo após a derrota para o Palmeiras, no último domingo, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, era de desânimo. O técnico Emerson Leão chegou a dizer que a classificação para a Libertadores era “altamente difícil”, mas, nesta terça-feira, o discurso mudou. O próprio treinador exaltou as chances da equipe de conseguir a vaga e disse que não será “tão milagre assim” se ela for conquistada.

“Quando você começa a olhar como estão as coisas, não é tão milagre assim”, declarou Leão, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT do São Paulo. “Assim que perdemos o clássico, eu achava mais difícil (conseguir a vaga). Hoje não acho tão difícil”, completou.

A mudança de pensamento do técnico se deu após uma análise das partidas que os concorrentes pela vaga terão na última rodada. Tanto o quinto colocado Coritiba, que hoje estaria classificado para a competição continental, quanto Internacional e Figueirense, que estão na frente do São Paulo e ainda brigam pela vaga, têm clássicos regionais pela frente.

“Todas as partidas em que dependemos de resultados são clássicos regionais”, lembrou Leão. “Nós jogamos por empate ou vitória no clássico Gre-Nal. Nós que eu digo é o adversário do Inter. A mesma coisa no clássico do Paraná”, avaliou.

Na oitava colocação do Campeonato Brasileiro, com 56 pontos, o São Paulo precisa de uma vitória sobre o Santos, no domingo, em Mogi Mirim, e ainda torce para que Coritiba, Inter e Figueirense, todos com 57 pontos, não vençam Atlético-PR, Grêmio e Avaí, respectivamente.

Por conta da importância do momento, Leão revelou que não dará folga para nenhum jogador durante o clássico decisivo, nem mesmo para Rivaldo, que foi expulso contra o Palmeiras e não terá condições de jogo diante do Santos. “Disse aos atletas que essa semana é tão importante quanto as outras”, afirmou o técnico.

O treinador ainda falou sobre o futuro do clube. Sua permanência para 2012 ainda é incerta, mas ele garante que o São Paulo terá uma temporada diferente da atual. Em 2011, a equipe foi eliminada do Paulistão, da Copa do Brasil e Copa da Sul-Americana, além de brigar apenas pela vaga na Libertadores no Brasileirão. “O torcedor pode saber que na pré-temporada vai iniciar de outro jeito, com ou sem mim”, prometeu Leão.