Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Leão enaltece velocistas como solução contra retranca adversária

Por Da Redação 30 mar 2012, 00h25

O São Paulo dominou a posse de bola e frequentou a intermediária adversária durante quase todo o primeiro tempo, mas não conseguiu superar a marcação imposta pelo Catanduvense. Emerson Leão, então, colocou Fernandinho no intervalo e, mais tarde, Osvaldo. Velocistas decisivos na vitória por 2 a 0 desta quinta-feira.

‘Tem dia que a defesa leva vantagem. E só deixou de levar quando colocamos velocidade’, analisou o técnico, enaltecendo principalmente Fernandinho, autor de um gol e da jogada do segundo. ‘O lateral deles estava muito cansado, pedindo substituição a toda hora porque não estava conseguindo segurar o Cortez, quanto mais o Fernandinho.’

Com um sorriso no rosto na entrevista coletiva, o comandante se colocou como ‘pensador’ do time. Por isso, apontou sua capacidade de alterar o estilo da equipe no intervalo como fundamental na conquista dos três pontos que deixam a equipe na liderança do Campeonato Paulista por mais uma rodada.’Eles jogaram fechados, buscando o nosso erro e tiveram chances de chute no primeiro tempo. Não buscávamos o jeito certo. Marcaram mano a mano o Cícero e o Jadson e os dois da frente voltavam para armar, e tinha que ser o contrário, deviam estar na área levando perigo. Não foi possível mudar isso no primeiro tempo’, lamentou.

‘No segundo tempo, mudamos totalmente a forma de jogar. Abrimos com dois velocistas, o Fernando e o Lucas, coordenamos com o Cícero e adiantamos o Cortez. Quando necessitávamos de mais velocidade e movimentação, troquei o Willian, que estava muito fixo. Melhorou, deu certo e liquidamos a partida por mérito’, recordou.

Com este discurso, a dificuldade para bater um adversário que briga para não ser rebaixado é minimizada. ‘A vitória valeu por tudo. Sabíamos que o adversário vinha jogando de maneira inteligente, mesmo porque estava há quatro jogos invictos, mesmo sendo um time do interior não bem classificado’, falou Leão.

A satisfação é clara com a conquista da oitava vitória consecutiva na temporada. ‘De maneira geral, com sacrifício, vontade e determinação muito grandes, é o que esperávamos. Mais uma vitória, mais dois gols, mais um jogo sem tomar gol… Isso é ótimo. E acrescentamos mais três pontos’, enumerou o técnico.

Continua após a publicidade
Publicidade