Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Laureus: no Rio, 3 brasileiros disputam ‘Oscar do esporte’

A cerimônia, inédita na cidade, acontece nesta segunda, no Theatro Municipal

Por Da Redação - 11 mar 2013, 12h15

A pouco mais de três anos para a abertura dos Jogos Olímpicos de 2016, o Rio de Janeiro já recebe alguns dos maiores nomes da história do esporte. Nesta segunda-feira, a cidade sediará pela primeira vez a entrega do prêmio Laureus, que homenageia os mais importantes atletas e equipes do ano em um evento de gala. A festa acontece a partir das 19 horas, no Theatro Municipal do Rio. Curiosamente, a edição de 2013 do Laureus (que premia os melhores de 2012), pode ser marcada por uma conquista inédita para um atleta que não estará nas Olimpíadas do Rio: o americano Michael Phelpls, recordista de medalhas em Jogos Olímpicos. O nadador, que se aposentou depois dos Jogos de Londres, nunca ganhou o Laureus e faz sua segunda visita à cidade com a expectativa de quebrar a escrita em sua quinta e última indicação. A concorrência, no entanto, é dura: Lionel Messi, Mo Farah, Sebastian Vettel, Usain Bolt e Bradley Wiggins.

Leia também:

Leia também: Cidade olímpica maltrata candidatos a medalhas em 2016

O Brasil tem candidatos em duas categorias. Neymar está indicado como uma das revelações, ao lado do britânico Andy Murray, o francês Yannick Agnel, a norte-americana Gabby Douglas, o granadino Kirani James e a chinesa Ye Shiwen. “É um prêmio de prestígio e estou concorrendo com outros atletas talentosos e que merecem ganhar, então seria ótimo ser escolhido. Estou cruzando os dedos”, disse o tenista Andy Murray, campeão dos Jogos Olímpicos de Londres e do Aberto dos Estados Unidos. Entre os melhores paratletas de 2012, Alan Fonteles e Daniel Dias concorrem com o italiano Alex Zanardi, o canadense Patrick Anderson, a namibiana Johanna Benson e o britânico David Weir. O nadador paulista foi o premiado em 2009, após ser uma das estrelas dos Jogos Paralímpicos de Pequim-2008 e permanece como único brasileiro a receber a honraria da Fundação Laureus nessa categoria. Também já foram premiados Ronaldo, Bob Burnquist, Raí e Pelé.

Publicidade

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Conheça a lista de indicados ao Oscar do esporte em cada categoria:

Melhor Atleta Masculino

Publicidade

Usain Bolt (Jamaica) Atletismo – ganhou medalhas de ouro olímpicas em Londres nos 100m, 200m e revezamento 4 x 100m

Mo Farah (Grã-Bretanha) Atletismo – ganhou os 5.000m e os 10.000m nos Jogos Olímpicos

Lionel Messi (Argentina) Futebol – Estrela do Barcelona que marcou 86 gols em um ano

Michael Phelps (Estados Unidos) Natação – o maior vencedor da história das Olimpíadas com 22 medalhas na carreira

Publicidade

Sebastian Vettel (Alemanha) Automobilismo – venceu o terceiro Campeonato Mundial consecutivo de Fórmula 1

Bradley Wiggins (Grã-Bretanha) Ciclismo – vencedor do Tour de France e da prova do contrarrelógio nas Olimpíadas

Melhor Atleta Feminino

Jessica Ennis (Grã-Bretanha) Atletismo – ganhou a medalha de ouro olímpica no heptatlo em Londres

Publicidade

Allyson Felix (Estados Unidos) Atletismo – ganhou medalhas de ouro olímpicas nos 200m e nos revezamentos 4 x 100m e 4 x 400m

Missy Franklin (Estados Unidos) Natação – aos 17 anos ganhou quatro medalhas de ouro e uma de bronze nas Olimpíadas

Shelly-Ann Fraser-Pryce (Jamaica) Atletismo – defendeu com sucesso seu título nos 100m nas Olimpíadas

Lindsey Vonn (Estados Unidos) Esqui – ganhou quatro títulos da Copa Mundial de Esqui em cinco anos.

Publicidade

Serena Williams (Estados Unidos) Tênis – ganhou o torneio de Wimbledon, o Aberto dos EUA e duas medalhas de ouro olímpicas

Melhor Equipe

Equipe olímpica de tênis de mesa da China – ganhou todas as medalhas que podia em Londres – quatro ouros e duas pratas.

Equipe da Copa Ryder Europeia (Golfe) – derrotou os EUA em uma incrível virada em Medinah

Publicidade

Miami Heat (Estados Unidos) Basquete – derrotou o Oklahoma Thundere ganhou o segundo título da NBA

Equipe Red Bull de Fórmula 1 (Áustria) Automobilismo – ganhou pela terceira vez consecutiva o Campeonato Mundial de Construtores da Fórmula 1

Seleção de futebol masculino da Espanha – venceu o Campeonato Europeu, a Copa do Mundo 2010 e a Eurocopa 2008

Time de basquete masculino dos EUA – conquistou a 14ª medalha de ouro Olímpica do basquete em Londres

Publicidade

Revelação

Yannick Agnel (França) Natação – aos 20 anos, ganhou duas medalhas de ouro e uma de prata em sua primeira participação em olimpíadas.

Gabby Douglas (Estados Unidos) Ginástica olímpica – primeira mulher a ganhar a medalha de ouro olímpica individual e por equipe

Kirani James (Granada) Atletismo – aos 19 anos, ganhou a primeira medalha olímpica da história de Granada nos 400 metros

Publicidade

Andy Murray (Grã-Bretanha) Tênis – ganhou o primeiro Grand Slam no aberto dos EUA e medalha de ouro e prata

Neymar (Brasil) Futebol – frequentemente comparado ao sensacional Pelé, marcou seu 100o gol aos 20 anos de idade

Ye Shiwen (China) Natação – aos 16 anos, ganhou medalhas de ouro olímpicas nos 200m e 400m medley individual

Maior Retorno

Publicidade

Tirunesh Dibaba (Etiópia) Atletismo – venceu os 10.000m olímpicos depois do afastamento de 16 meses por uma lesão

Ernie Els (África do Sul) Golfe – venceu o The Open dez anos depois da sua última vitória em um grande torneio

Equipe da Copa Ryder Europeia (Golfe) – na última partida virou o jogo contra os EUA e conseguiu a vitória histórica por 14½-13½

Anna Meares (Austrália) Ciclismo – ganhou uma medalha de ouro olímpica quatro anos depois de quebrar o pescoço em 2008

Publicidade

Felix Sanchez (República Dominicana ) Atletismo – aos 34 anos, ganhou novamente a medalha de ouro nos 400m com barreira, oito anos depois de Atenas

Equipe olímpica masculina de remo de oito da Alemanha (Remo) – ganhou uma medalha de ouro olímpica pela primeira vez desde 1988

Melhor Esportista com Deficiência

Patrick Anderson (Canadá) basquete em cadeira de rodas – saiu da aposentadoria para inspirar o Canadá a ganhar a medalha de ouro

Publicidade

Johanna Benson (Namíbia) Atletismo – ganhou a primeira medalha de ouro da história da Namíbia nos 200 metros T37

Daniel de Faria Dias (Brasil) Natação – ganhou seis medalhas de ouro paralímpicas em Londres, todas batendo recordes mundiais

Alan Fonteles Oliveira (Brasil) Atletismo – derrotou o favorito Oscar Pistorius e ganhou o ouro paralímpico nos 200 metros T44

David Weir (Reino Unido) Corrida de cadeira de rodas – ganhou quatro medalhas como herói paralímpico da ‘casa’

Publicidade

Alex Zanardi (Itália) Ciclismo de mão – ganhou duas medalhas de ouro e uma de prata em sua primeira participação nos Jogos Paralímpicos

(Com agência Gazeta Press)

Publicidade