Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lateral Adriano, do Barcelona, será denunciado por fraude fiscal na Espanha

O jogador brasileiro teria sonegado impostos entre 2011 e 2012 ao acobertar o dinheiro correspondente aos seus direitos de imagem em uma empresa fantasma no paraíso fiscal da Ilha de Madeira, em Portugal

O lateral-esquerdo Adriano, do Barcelona, será denunciado nos próximos dias pela Promotoria de Barcelona por driblar o fisco espanhol, assim como seus companheiros de clube Neymar, Messi e Mascherano. De acordo com informações do diário espanhol El País, o jogador teria sonegado 700 mil euros (cerca de 2,7 milhões de reais), entre 2011 e 2012.

Para tentar enganar a Fazenda espanhola e não declarar todos os seus ganhos, o brasileiro teria usado uma empresa de fachada em 2010, na Ilha de Madeira, paraíso fiscal de Portugal, para transferir 2 milhões de euros correspondentes a seus vencimentos do contrato de direitos de imagem, acordado em sua transferência do Sevilla ao Barcelona, segundo a publicação.

LEIA TAMBÉM:

Depoimento à Justiça espanhola pode tirar Neymar de jogo decisivo

Pai de Neymar diz que problemas com o fisco podem tirar o atacante do Barcelona

Em outubro do ano passado, ele já estava sendo investigado pela Agência Tributária espanhola, que passou adiante o caso para a promotoria. A situação de Adriano é bem parecida com a do zagueiro Mascherano, que também utilizou uma instituição fantasma para burlar o sistema do fisco espanhol. O argentino chegou a ser condenado a um ano de prisão pelo delito, mas conseguiu um acordo com a Justiça e se livrou da cadeia ao pagar uma multa de mais 800 mil euros.

(Da redação)