Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Lance Armstrong promete revelar tudo sobre seu doping

Banido do esporte, ele diz que será 'transparente' em próximos depoimentos

Por Da Redação 11 nov 2013, 15h36

Banido do esporte por doping, o americano Lance Armstrong afirmou nesta segunda-feira que está disposto a revelar tudo em seus próximos depoimentos nas investigações sobre o uso de substâncias ilegais no esporte, com “100% de transparência e honestidade”. O ex-ciclista também pediu tratamento igual para todos os atletas acusados. De acordo com a emissora britânica BBC, Armstrong estaria disposto a fazer o que estiver a seu alcance para “encerrar este capítulo e dar um passo adiante” em sua vida.

Leia também:

COI recebe medalha olímpica de Lance Armstrong

‘É impossível vencer o Tour de France sem doping’, diz Armstrong

Os prejuízos de Armstrong: 7 títulos e 25 milhões de reais

Continua após a publicidade

Segundo Brian Cookson, presidente da União Ciclística Internacional (UCI), a entidade planeja realizar uma profunda investigação dos últimos resultados do ciclismo. O dirigente pretende formar uma comissão independente para tentar descobrir novos casos de doping.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Armstrong admitiu, em janeiro, que venceu sete edições da Volta da França dopado, em entrevista para a apresentadora Oprah Winfrey, no canal OWN. Ele revelou ter utilizado o hormônio Eritropoietina – conhecido como EPO – e testosterona. Assim, Armstrong teve seus títulos cassados, além de devolver sua medalha de bronze conquistada nos Jogos Olímpicos de 2000, depois que a Agência Antidoping dos Estados Unidos divulgou um relatório detalhado acusando o americano de promover “o mais sofisticado, profissional e bem-sucedido programa de dopagem que o esporte já viu”.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade