Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Lampard defende Terry de acusações de racismo

Por Da Redação 12 nov 2011, 14h57

O zagueiro e capitão do Chelsea, John Terry, segue ganhando apoio de seus companheiros de clube e seleção no caso envolvendo ofensas racistas que o atleta teria dirigido ao zagueiro Anton Ferdinand, do Queens Park Rangers. Dessa vez, Lampard, que é o dono da braçadeira da Inglaterra, defendeu o defensor e rechaçou qualquer posibilidade do jogador ser racista.

‘Isso é ridículo. Não, absolutamente não. Os jogadores respeitam ele como capitão do time, líder e jogador. Nós fizemos os habituais cumprimentos quando nos encontramos. Simples assim’, defendeu Lampard.

Terry vem sendo investigado pela Football Association, que é a entidade que controla o futebol inglês, além da própria polícia da Inglaterra. O defensor dos Blues teria dirigido ofensas com teor racista ao zagueiro do QPR no dia 23 de outubro, quando o Chelsea perdeu por 1 a 0.

Convocado por Fabio Capello para o amistoso deste sábado, contra a Espanha, o jogador foi poupado pelo treinador e começou a partida no banco de reservas. Entretanto, seu retorno ao time titular está confirmado no amistoso contra a Suécia, na próxima terça-feira.

Continua após a publicidade
Publicidade