Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lais Souza revela sexualidade: ‘Hoje estou gay’

Ex-atleta de 26 anos disse que já teve namorados, mas que há anos se relaciona com uma mulher. Ela ainda luta para recuperar movimentos

A ex-atleta Lais Souza contou detalhes de sua intimidade e assumiu ser homossexual, em entrevista à revista TPM deste mês. “Eu tenho uma namorada, sou gay há alguns anos. Já tive namorados, mas hoje estou gay”, disse a ex-ginasta e esquiadora, que ficou tetraplégica após acidente em um treinamento no ano passado. Lais também comentou sobre a volta ao convívio diário com sua mãe, Odete, com quem mora em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A ex-atleta contou que é a mãe quem executa tarefas que não consegue mais realizar sozinha. Em entrevista à TV Globo na semana passada, ela disse que tem o sonho de conseguir tomar banho sozinha e ainda cogitou disputar alguma modalidade paralímpica quando tiver mais controle sobre seu corpo.

Leia também:

Em recuperação, Laís Souza surfa em prancha adaptada

Dilma aprova lei que concede pensão vitalícia a Laís Souza

Lais Souza recupera sensibilidade e mantém esperança: ‘Ainda me sinto uma atleta’​

Lais Souza apresenta melhora após receber células-tronco

À revista, Lais contou também que costuma conversar com os amigos mais íntimos sobre sua vida sexual. “Eu amo falar sobre sexo, sempre fui assim. Tive corpão de atleta, sempre fui mais corpo do que qualquer outra coisa, eu era sapeca de aventuras e tudo mais….”

Laís Souza ficou tetraplégica ao sofrer acidente em treino de esqui aéreo em janeiro de 2014, na cidade americana de Salt Lake City, quando se preparava para competir nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, na Rússia. Ela chocou-se contra uma árvore e quebrou a terceira vértebra da coluna cervical. Atualmente, Lais realiza um inovador tratamento com células-tronco e vive uma intensa rotina de treinamentos. Ela apresentou uma melhora surpreendente dez meses após o acidente e viu seu quadro clínico evoluir de lesão completa de medula para incompleta – já tem uma pequena sensibilidade nos pés e mantém vivo o sonho de voltar a caminhar.

A ex-atleta de 26 anos participou dos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e Pequim-2008, pela equipe de ginástica artística do Brasil. Recentemente, recebeu uma pensão vitalícia do Governo Federal. Laís passa férias no Brasil, mas deve retornar em breve a Miami, para dar sequência ao tratamento.

(Com Gazeta Press)