Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Kimi volta ao cockpit de um F-1 e diz: ‘foi um pouco estranho’

Por Da Redação 5 jan 2012, 15h55

Campeão mundial pela Ferrari em 2007, Kimi Raikkonen voltou ao cockpit de um carro de Fórmula 1 nesta quinta-feira. Na fábrica da Lotus-Renault, sua nova equipe, o finlandês tirou as medidas para a confecção do assento que usará na próxima temporada.

‘Me senti um pouco estranho no começo, porque o cockpit pareceu um pouco pequeno, mas isso é normal. Será legal voltar a competir’, afirmou o ex-companheiro do brasileiro Felipe Massa em entrevista publicada pelo site oficial da equipe Lotus-Renault.

A última corrida de Raikkonen na principal categoria do automobilismo mundial foi o Grande Prêmio de Abu Dhabi-2009. Nas duas últimas temporadas, o campeão de 2007 permaneceu afastado da Fórmula 1 e decidiu voltar em 2012 na vaga aberta pelo polonês Robert Kubica, ainda em recuperação de um grave acidente.

O finlandês destacou a importância de tirar as medidas corretamente e se mostrou empolgado. ‘Eu adoro essa época do ano na fábrica. Todos os departamentos estão trabalhando para que as coisas fiquem prontas a tempo. Você consegue sentir a dedicação das pessoas e é bom fazer parte disso’, afirmou.

A confirmação do retorno de Raikkonen à Fórmula 1 gera uma grande expectativa. No começo da temporada, ele procurou minimizar as especulações em torno de seu desempenho após dois anos de afastamento e reiterou sua satisfação com a volta à categoria.

‘Às vezes você escuta coisas sem sentido e, às vezes, coisas legais, mas isso não me afeta. O principal é que eu queria voltar e tenho uma boa oportunidade, então estou feliz. Eu nunca realmente me importei com o que as pessoas falam ou pensam’, encerrou.

Continua após a publicidade
Publicidade