Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kia encontra Andrés e promete ‘surpresa’ aos corintianos

Por Jamil Chade

Hamburgo – Kia Joorabachian pode estar voltando com projetos ao Corinthians. Questionado pelo Estado neste sábado em Hamburgo se tinha algum plano para voltar a investir no time de Parque São Jorge, o empresário iraniano não rejeitou a ideia. “Temos uma surpresa. Espere”, disse.

Kia estava no estádio onde o Brasil enfrentou a Dinamarca neste sábado e, no intervalo do amistoso, percorria os corredores da ala VIP abraçado a Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e hoje diretor de seleções da CBF.

Questionado sobre qual seria essa surpresa, Kia hesitou. “Deixa eles (corintianos) primeiro ganharem a Libertadores”, declarou. O empresário que havia desembarcado no Brasil com milhões de dólares da MSI para assumir os investimentos no Corinthians aposta em seu ex-time para vencer o Santos na semifinal. “Eles vão ganhar a Libertadores”, declarou.

Ao ser procurado por um grupo de jornalistas brasileiros, apenas dizia com ironia. “Vocês querem me ver morto”, brincava.

Desde que saiu do Corinthians, num imbróglio ligado ao envolvimento do russo Boris Berevozsky, Kia continuou ativo no mundo do futebol e negociando jogadores na Europa. Dificilmente perde um jogo da seleção brasileira na Europa.

MAL-ESTAR – O fato de a imprensa brasileira ter presenciado um encontro entre Kia e Andrés nas alas VIP do estádio em Hamburgo abriu um mal-estar na comissão técnica da seleção, preocupada com o impacto que a revelação do encontro teria na já frágil relação com o novo presidente, José Maria Marin.

O novo cartola já deixou claro que quer proteger a seleção de empresários e fez questão de mandar essa mensagem principalmente no caso do time olímpico. Além disso, reduziu os poderes que Andrés havia obtido na gestão de Ricardo Teixeira.

Neste sábado, no intervalo do jogo, parte da imprensa brasileira conseguiu entrar na ala VIP do estádio na Alemanha e, num corredor, viu um encontro entre Kia e o ex-presidente do Corinthians, que se cumprimentaram. O mal-estar foi imediato. Após o jogo, a comissão técnica veio sugerir que o encontro havia ocorrido por acaso e que Kia estava com José Mourinho, técnico do Real Madrid, presente no estádio. Kia negou à imprensa que estivesse com o português. Andrés apontou que nem sabia que Kia estava na Alemanha.