Clique e assine com até 92% de desconto

Kardec marca no fim e São Paulo vence Ponte de virada

Equipe da capital paulista poupou sua formação titular na vitória em Campinas

Por Da Redação 15 mar 2015, 19h42

Mesmo poupando sua formação titular, o São Paulo venceu a Ponte Preta por 2 a 1 na tarde deste domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O técnico Muricy Ramalho priorizou a partida de quarta-feira diante do San Lorenzo, pela Copa Libertadores, e escalou apenas reservas, com exceção do goleiro e capitão Rogério Ceni. Desentrosado, o São Paulo sofreu na primeira etapa, mas chegou à virada no complemento, com gols de Paulo Miranda e Alan Kardec, em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Paulista.

Leia também:

Em jogo matinal, Palmeiras vence XV com gol no fim

Corinthians amarga seu primeiro 0 a 0 no ano

Após vitória, Muricy expõe problemas com a diretoria

A Ponte Preta marcou o primeiro aos nove minutos de jogo: Rodinei tabelou com Biro-Biro pela direita e cruzou na cabeça de Roni, que venceu dividida com Auro e mandou para as redes. Destaque na primeira etapa, Rodinei quase marcou o segundo, mas seu chute forte parou nas mãos de Rogério Ceni aos 15 minutos. Acuado, o São Paulo pouco criou e viu a Ponte perder chances de ampliar.

Na segunda etapa, o São Paulo melhorou e chegou à virada. Aos 20 minutos, o zagueiro Paulo Miranda aproveitou cobrança de escanteio e empatou com um voleio de esquerda. Sempre em alta velocidade, a Ponte chegou perto do segundo, em chutes de Rildo e Roni que assustaram Rogério. O gol da vitória, porém, veio aos 38 minutos da segunda etapa: Ewandro recebeu na ponta esquerda e cruzou para Kardec, que completou de peito para o gol.

O São Paulo se manteve tranquilo na liderança do grupo A do Estadual, com 23 pontos. Já a Ponte Preta em segundo no grupo B, com 18 pontos, cinco a menos que o Corinthians. Na próxima quarta-feira, o São Paulo terá todos os seus titulares diante do San Lorenzo, no Morumbi, às 22h (de Brasília). As duas equipes têm três pontos em duas partidas, enquanto o Corinthians lidera o Grupo 2 da Libertadores com seis pontos.

(da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade