Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kalil esclarece caso André e garante permanência do jogador no Galo

O impasse envolvendo o atacante André, o Atlético-MG e o grupo de investidores DIS/Sonda, que ajudaria contratar o jogador, foi resolvido nesta quarta-feira. O contrato de empréstimo do atleta com o Galo encerrou no final de junho, e a diretoria alvinegra já havia acertado com o grupo DIS/Sonda para comprar os direitos econômicos de André junto ao Dínamo de Kiev, mas o pagamento não foi feito.

Com isso, o jogador não vinha sendo relacionado para os jogos do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o presidente Alexandre Kalil divulgou nota afirmando que o grupo DIS/Sonda não honrou o compromisso assumido com o Galo. O mandatário alvinegro, no entanto, tranquilizou a torcida afirmando que o clube pagou com recursos próprios os direitos do jogador, que vai permanecer no time mineiro.

Confira a íntegra da nota divulgada por Kalil:

‘Desde que estive em Kiev para fechar o negócio envolvendo o jogador André, há mais de três meses, tive a garantia do grupo DIS/Sonda, que havia me procurado, de que os recursos para a aquisição do percentual do atleta que pertencia ao Dínamo de Kiev seriam disponibilizados por este investidor.’

Após minha ida à Ucrânia, ficaram faltando poucos detalhes para a conclusão da negociação. Desde então, nas várias reuniões que aconteceram, sempre tive a certeza de que o negócio estava sacramentado, tanto que um contrato foi assinado entre as partes. Aguardávamos, apenas, o término do empréstimo com o atleta para ratificar e registrar o novo vínculo.

Para o meu espanto, a dois dias do fechamento da janela de transferência, fui informado pelo grupo DIS/Sonda de que o acordo firmado anteriormente não seria concretizado e que o grupo investidor não mais cumpriria com o combinado.

Nesses mais de três anos como presidente do Atlético, convivendo com empresários, investidores, procuradores e dirigentes, não havia me deparado com tamanha falta de responsabilidade e compromisso. Durante esse período, jamais tratamos qualquer negócio com o desprezo e amadorismo verificados neste caso.

Para tranquilizar o torcedor, informo que, com recursos próprios, renegociamos a compra do atacante André junto ao Dínamo. A primeira parcela, inclusive, já foi enviada para o clube ucraniano. Aguardamos, para esta quinta-feira, a transferência do atleta.

Espero que atitudes como a desse grupo sejam expurgadas do nosso meio e que pseudoinvestidores não encontrem mais espaço num futebol que vem se tornando cada vez mais sério e moderno. No Atlético, eles já têm as portas fechadas.

Alexandre Kalil

Presidente