Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kaká e Cristiano perdem pênaltis e Real é eliminado por Bayern

Real Madrid e Bayern de Munique se enfrentaram nesta quarta-feira, no Santiago Bernabéu, pelo jogo de volta da semifinal da Liga dos Campeões. A equipe madrilenha devolveu o vitória por 2 a 1 do Bayern no jogo de ida no tempo regulamentar e a partida foi decidida nos pênaltis, com a equipe alemã vencendo por 3 a 1 a cobrança das penalidades máximas e garantindo a presença na final, que será na Allianz Arena, na sua própria casa. Cristiano Ronaldo, que fez os dois gols do Real Madrid nos 90 minutos, e Kaká perderam seus pênaltis. Schweinsteiger bateu o pênalti decisivo, enquanto Robben marcou o gol do time alemão que garantiu o resultado de 2 a 1.

O time mandante não deu espaço ao Bayern de Munique e chegou ao gol logo no sexto minuto do primeiro tempo. Alaba cometeu pênalti ao bloquear chute de Di María com o braço. Cristiano Ronaldo não desperdiçou a oportunidade e abriu o placar. Robben teve uma chance de ouro para empatar o confronto logo no minuto seguinte, mas o holandês, na pequena área, desviou o cruzamento de Alaba por cima do gol.

O time bávaro teve outra chance para igualar o confronto aos 12 minutos, quando chute de Mario Gómez rendeu rebote de Casillas. Ribéry estava na posição certa para aproveitar, mas foi travado por Arbeloa. Dois minutos depois, o Real Madrid não perdoou e chegou ao segundo gol. Ozil deu belo passe para Cristiano Ronaldo bater da entrada da área e fazer seu segundo tento do jogo.

O time de Munique, porém, não desperdiçou sua terceira grande oportunidade da partida. Aos 26, Pepe derrubou Mario Gómez, que tentava alcançar cruzamento perigoso, e cometeu pênalti. Robben converteu a infração e deixou o placar em 2 a 1, igualando no agregado. Cinco minutos depois Benzema quase marcou um belo gol ao receber pela esquerda, cortar para dentro e chutar perto do ângulo de Neuer.

Mario Gómez perdeu mais uma boa chance recebendo bom passe de Kroos na área aos 34 minutos, mas o centroavante chutou em cima de Casillas. Robben ainda chegou perto de marcar seu segundo gol no jogo no último lance do primeiro tempo. Em cobrança de falta da meia-lua, o holandês chutou ao lado da barreira e quase surpreendeu Casillas, que fez boa defesa.

A partida voltou do intervalo com uma chance para os visitantes logo no quinto minuto da segundo etapa, quando Lahm cruzou para Mario Gómez subir mais que a zaga e cabecear com perigo. Aos dez minutos, Benzema recebeu pela direita da área após cobrança rápida de falta e, com pouco ângulo, bateu cruzado para defesa de Neuer.

O resto do segundo tempo, porém, não fez jus a esse início e a partida passou a ter poucas chances de perigo, diferentemente do movimentado primeiro tempo. A oportunidade mais relevante desse período veio aos 39 minutos, quando Mario Gómez recebeu em boa posição dentro da área e tentou o giro, mas foi travado.

Após uma prorrogação tensa, com poucas oportunidades, a partida foi aos pênaltis. Neuer se destacou defendeu cobranças de Cristiano Ronaldo e Kaká. Casillas também não fez feio e impediu os gols de Kroos e Lahm. No entanto, Sergio Ramos isolou sua cobrança e Schweinsteiger não perdoou para selar a classificação do Bayern.

Dessa forma, o Bayern de Munique enfrentará o Chelsea, que eliminou o Barcelona na semifinal, no dia 19 de maio, sábado, na Allianz Arena. Assim, o time alemão será o primeiro a decidir o título da Liga dos Campeões em casa em 28 anos.