Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kaká brilha, Real atropela e enfrenta Bayern na ‘Champions’

O meia brasileiro Kaká deixou sua marca na goleada de 5 a 2 que o Real Madrid aplicou no modesto Apoel de Nicósia, nesta quarta-feira, no estádio Santiago Bernabeu, contribuindo para a classificação do time espanhol para as semifinais da Liga dos Campeões.

O Real confirmou sua superioridade, após a vitória por 3 a 0 obtida na ida das quartas de final, no Chipre, e disputará uma vaga na decisão contra o Bayern de Munique, que eliminou o Olympique de Marselha na terça-feira.

O jogo de ida será disputado no dia 17 de abril, na Alemanha, e a volta no dia 25 no Santiago Bernabeu.

O show do time ‘Merengue’ começou aos 26 minutos de jogo, quando o lateral brasileiro Marcelo fez um ótimo cruzamento da esquerda para o argentino Gonzalo Higuaín, que furou, mas Cristiano Ronaldo estava bem colocado na segunda trave e não perdoou.

Kaká ampliou dez minutos depois, com um golaço de fora da área no canto do goleiro Pardo, em outra jogada iniciada por Marcelo.

No minuto seguinte, o meia por pouco não fez seu segundo gol da noite, mas seu chute bateu na trave.

Outro brasileiro balançou as redes na partida, o meia Gustavo Manduca, que diminuiu para o Apoel aos 22 do segundo tempo, ao receber um ótimo passe de primeira do seu compatriota Aílton

Cristiano Ronaldo fez 3 a 1 para o Real aos 30, com um golaço de falta, e o jovem meia José María Callejón anotou o quarto do time espanhol dois minutos depois.

O argentino Esteban Solari, irmão de Santiago, ex-jogador do Real, descontou para os cipriotas dois minutos depois, de pênalti.

Seu compatriota Angel Di Maria, que voltava a jogar após passar mais de um mês fora dos gramados devido a uma lesão muscular, selou o resultado aos 39 minutos, com um lindo gol por cobertura.

O time comandado pelo técnico português José Mourinho, que poupou três jogadores importantes para a partida (Karim Benzema, Xabi Alonso e Mesut Özil), pode agora se preparar para o duelo com o Bayern e se concentrar na Liga Espanhola, que lidera com seis pontos de vantagem sobre o arquirrival Barcelona.

Se superar os alemães, o Real poderá voltar ao estádio Allianz Arena de Munique na decisão, na qual muitos esperam assistir duelo explosivo contra o Barça, que enfrentará o Chelsea na outra semifinal.

Já o Apoel, grande revelação da competição, disse adeus à ‘Champions’ com o orgulho de ter eliminado times de tradição como o Porto, na fase de grupos, e o Lyon, nas oitavas.

A partida começou com uma homenagem a José María Zárraga, vencedor de cinco Copa dos Campeões (antiga versão do torneio) com o Real, de 1956 a 1960, que morreu na terça-feira, aos 81 anos, e a Juanito, craque dos anos oitenta que morreu num acidente de trânsito há vinte anos.