Clique e assine com até 92% de desconto

Juvenal Juvêncio fala em Jadson e Osvaldo e descarta Montillo

Por Da Redação 27 dez 2011, 18h05

O São Paulo não vai mais negociar com o Cruzeiro para ter o meia argentino Montillo e não enxerga o flamenguista Thiago Neves como nome ideal para o setor de criação. Por outro lado, se interessa por Jadson, do ucraniano Shakhtar Donetsk, e pode acertar com o atacante Osvaldo, do Ceará. As informações são de Juvenal Juvêncio, presidente do clube.

O mandatário disse em entrevista à Rádio Globo que tinha conversas avançadas com Montillo antes da abertura do leilão promovido pelo Cruzeiro – os mineiros exigem 15 milhões de euros e negociam também com o Corinthians, que tenta comprá-lo por 10 milhões de euros.

‘Fizemos a proposta (10 milhões de euros e o empréstimo de três jogadores) e o Cruzeiro não quis fazer o negócio. Eles queriam dinheiro. Dinheiro, não’, declarou Juvenal, antes de dizer que ainda está disposto a retomar as conversas caso a Raposa aceite a proposta inicial.

O clube paulista não esconde seu desejo de acertar com um meia armador e, como o Flamengo ainda não conseguiu se resolver com o Al-Hilal (Arábia Saudita) para adquirir a totalidade dos direitos econômicos de Thiago Neves e mantê-lo na Gávea, foi especulado como possível candidato a contratá-lo. Juvenal nega. ‘Thiago é bom, mas não é o nome’.

Um ‘bom nome’, de acordo com o presidente, é Jadson. O atleta defende o Shakhtar Donetsk há sete temporadas e tem contrato até 2014, mas já externou sua vontade de trocar de clube e se disse contente por despertar interesse do São Paulo. O negócio poderia ser fechado por empréstimo. ‘Ele está sendo examinado, assim como outros’, avisa Juvenal.

Um atacante para substituir Dagoberto, negociado com o Internacional, também está em pauta. Taison, do ucraniano Metalist, está descartado. Quem pode chegar é Osvaldo, que defendeu o Ceará e é vinculado ao Al-Ahly, dos Emirados Árabes. O Vozão busca comprar o atleta e repassá-lo a um grande clube do Brasil, mas Juvenal descarta fazer uma parceria com os nordestinos. ‘Se tiver parceria, será com os árabes’.

O São Paulo já contratou cinco jogadores para 2012: Os zagueiros Edson Silva (ex-Figueirense) e Paulo Mirada (ex-Bahia), o lateral esquerdo Cortês (ex-Botafogo), o volante Fabrício (ex-Cruzeiro) e o meia Maicon (ex-Figueirense).

Continua após a publicidade
Publicidade