Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Juvenal admite proximidade da CBF e avisa: ‘Oscar pode jogar aqui’

Por Da Redação 30 mar 2012, 08h00

Em meio à disputa judicial com Oscar, Juvenal Juvêncio usou ironia para negar que o São Paulo está impedindo o meia de atuar. O presidente do Tricolor enalteceu inclusive a qualidade do CT da Barra Funda para lembrar o jogador: para entrar em campo, basta fazer valer o que a Justiça decidiu, revalidando seu contrato com o clube.

‘Não há por que dizer que o Oscar está impedido de jogar. Ele tem contrato conosco, é saudável, recebe um bom salário e contamos com campos magníficos. Portanto, tem lugar para jogar’, afirmou à rádio ‘Globo’.

Juvenal evitou se estender sobre um possível aliciamento do Inter ao atleta, que segue treinando com a equipe gaúcha mesmo após o São Paulo notificá-lo que deve tomar ações também contra o clube. ‘A notificação que fizemos foi no sentido de aliciamento. Com o Oscar, vamos até o final’, avisou.Por conta da polêmica, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, disse que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sob o comando José Maria Marin ‘virou’ Federação Paulista de Futebol (FPF). E usou esse argumento para explicar a agilidade na revalidação do contrato de Oscar com o Tricolor, impedindo-o de atuar pelo Colorado.

Juvenal, desafeto do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, admite a mudança de panorama com a entrada de Marin, ex-jogador do São Paulo e ainda ligado à diretoria do Tricolor. ‘O São Paulo está próximo da CBF, claro. Antes não estávamos, mas agora estamos. E com razão’, falou o presidente do São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade