Clique e assine a partir de 8,90/mês

Júnior Cigano não renova seu contrato com a Pretorian

Patrocínio do Corinthians, que usa Nike, teria sido o principal motivo

Por Davi Correia - 29 out 2012, 13h11

Assim como Anderson Silva, campeão dos médios, Júnior Cigano tem usado material da Nike

Júnior Cigano não é mais atleta da Pretorian. O contrato entre o campeão peso-pesado do UFC e a marca de roupas e equipamentos para lutas expirou e ambas as partes preferiram não renovar. Cigano continuará fazendo a campanha da sua linha de roupas e luvas, mas não usará mais o uniforme da Pretorian durante os eventos, não estampará a marca em seu calção nas lutas e, claro, deixará de receber o cachê mensal. É o segundo atleta de ponta com quem a Pretorian não renova o contrato – o mesmo aconteceu com Rodrigo Minotauro, quando a marca preferiu não seguir patrocinando o lutador que foi um dos pioneiros na divulgação da marca e da modalidade. Os campeões José Aldo e Renan Barão continuam com o patrocínio.

O fim da parceria começou quando Júnior Cigano foi apresentado como atleta do Corinthians, em agosto. A equipe do atleta precisava encontrar uma maneira de dividir o espaço de publicidade do uniforme entre Pretorian e Nike, patrocinadora oficial da equipe paulista. Na época, os responsáveis pelo marketing do Corinthians reconheceram que não sabiam como seria a negociação entre as marcas, mas preferiram adiar a conversa. Desde a última semana, Cigano já aparece nas fotos e em eventos para divulgar o UFC 155, dia 29 de dezembro, contra Cain Velasquez, sem usar camisas e bonés da Pretorian. Assim como Anderson Silva, campeão dos médios, Júnior Cigano tem usado material da Nike. Anderson sempre assumiu que era fã da marca e foi o primeiro atleta de MMA a assinar contrato de patrocínio com a empresa. Logo em seguida, Jon Jones, campeão meio-pesado, lutou patrocinado apenas pelo UFC, pois já estava conversando com a Nike. O negócio foi fechado em seguido. Não seria estranho se Júnior Cigano anunciasse nos próximos dias que será patrocinado pela Nike a partir do UFC 155.


Leia também:

‘Eu apanhei de Júnior Cigano. Mas quero minha revanche’

Qual cidade do Brasil terá a próxima edição do UFC? Viciado em trabalho, Dana White ‘foge’ de cirurgia Ele conseguiu: Sonnen enfrenta Jones pelo cinturão do UFC Anderson Silva já admite superluta contra Jon Jones

Continua após a publicidade
Publicidade