Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Júlio César pegará ritmo para Copa jogando no… Canadá

Titular da seleção brasileira troca a Inglaterra pelo Toronto FC, franquia da MLS

O titular da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010 entrou em campo pela última vez no dia 4 de janeiro, quando seu time foi goleado por 4 a 0 pelo Everton

A falta de ritmo de jogo de Júlio César, goleiro titular da seleção brasileira, vinha preocupando o técnico Luiz Felipe Scolari. Sabendo disso, o jogador, que está na reserva do Queens Park Rangers, da segunda divisão da Inglaterra, decidiu procurar um novo clube. Foram vários meses de indefinição. Falou-se num retorno ao Brasil ou numa transferência para algum outro grande mercado europeu. Nesta sexta-feira, no entanto, Júlio César surpreendeu a todos ao acertar sua ida para o Toronto FC, clube do Canadá que faz parte da MLS, a liga profissional americana de futebol. O goleiro ainda não sabe quanto tempo vai atuar na liga americana, podendo inclusive deixar o novo clube antes mesmo da Copa do Mundo. O objetivo do atleta é pegar ritmo de jogo justamente para o Mundial. No ano passado, em meio aos questionamentos sobre o status de titular de um goleiro que não tinha espaço em seu clube, Felipão avisou que Júlio já estava convocado, de forma antecipada, para a Copa, uma tentativa de transmitir confiança ao jogador e abafar as especulações sobre uma possível substituição no gol da seleção.

Leia também:

Felipão diz que próxima convocação pode ter novidades

Os craques que você tem de ver ao vivo na Copa no Brasil

​Anote na agenda: os jogos imperdíveis da fase de grupos

A decisão de deixar o QPR era inevitável diante do desprestígio do brasileiro no time inglês. Preterido pelo técnico Harry Redknapp, o titular da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010 entrou em campo pela última vez no dia 4 de janeiro, quando seu time foi goleado por 4 a 0 pelo Everton, em duelo válido pela Copa da Liga Inglesa. No Toronto FC, o goleiro certamente será titular. Apesar de estar a caminho de um clube com tradição quase inexistente, ele terá a companhia de outros jogadores com certo prestígio na Europa, como o meia americano Michael Bradley, ex-Roma, e o atacante inglês Jermain Defoe, ex-Tottenham. Na última temporada da MLS, o time canadense foi o último colocado da conferência leste, ficando muito longe de uma vaga nos playoffs da MLS. A estreia do time neste ano será contra o Seattle Sounders, em 15 de março. A transferência, portanto, não ajudará Júlio César a recuperar o ritmo no último teste da seleção antes da convocação para a Copa – o amistoso contra a África do Sul, em 5 de março, em Johannesburgo. Mesmo sem jogar nas últimas semanas, ele deve ser chamado.

(Com agência Gazeta Press)