Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Juiz acusa o ex-presidente do Real Madrid de 4 delitos

Madri, 2 mar (EFE).- O juiz José Santiago Torres, de um tribunal de Madri, mantém a acusação ao ex-presidente do Real Madrid Ramón Calderón por quatro supostos delitos dentro do procedimento por possível fraude na assembleia do clube realizada em 7 de dezembro de 2008.

Em um auto remitido nesta sesta-feira à Agência Efe, Torres se dispõe a continuar as atuações contra Calderón, suspeito de administração desleal e falsificação de contas anuais do Real, clube que presidiu de julho de 2006 a janeiro de 2009, quando renunciou.

O juiz mantém ainda as acusações por um possível delito de obtenção de acordos lesivos por maioria fictícia, obtida com atribuição indevida de direito de voto, e por disposição fraudulenta de fundos da instituição em benefício de familiares, pela realização de viagens pagas pelo clube. EFE